header top bar

section content

Você tem os dentes do siso? Ortodontista sousense fala da extração: “Não fazem sentido ficar na boca”

O ortodontista falou também sobre o que pode e o que não pode antes do procedimento e durante a recuperação.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

02/12/2019 às 15h14 • atualizado em 02/12/2019 às 15h16

O ortodontista sousense Felipe Vieira em seu comentário no Direto ao Ponto da TV Diário do Sertão desta semana, falou sobre os dentes siso, mais conhecidos como “Dente Quero ou Dentes do Juízo”.

“A nossa vivencia clinica mostra que esses dentes, quase em todos os casos, não fazem sentido ficar na boca, pois, o paciente sente uma certa dificuldade em higienizar os dentes, passar um fio dental, chegar com a escova até o final, além disso podem causar mau hálito”, destacou.

Felipe Vieira afirmou que é preciso procurar um profissional especializo, um cirurgião bucomaxilo para que realize todos os cuidados para a realização do procedimento.

O ortodontista falou também sobre o que pode e o que não pode antes do procedimento e durante a recuperação.

O Que São Dentes Siso?
Dentes do siso são os últimos molares de cada lado dos maxilares. São também os últimos dentes a nascer, geralmente entre os 16 e 20 anos de idade.

Como os dentes do siso são os últimos dentes permanentes a aparecer, geralmente não há espaço suficiente em sua boca para acomodá-los. Isto pode fazer com que os dentes do siso fiquem inclusos – dentes presos embaixo do tecido gengival por outros dentes ou osso, ou podendo causar inchaço ou dor.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESTAQUE

VÍDEO: Projeto de microcrédito coordenado por cajazeirense vence prêmio internacional em São Paulo

SE SENTINDO TRAÍDO

VÍDEO: Ricardo cita nomes responsáveis por racha e rejeita amizade com João: “Está na página deplorável”

FIM DO SONHO?

VÍDEO: Membro do comitê pede explicações sobre a não entrega do projeto do HU do Sertão dentro do prazo

VÍDEO

Júnior promete apoiar Denise para disputar prefeitura de Cajazeiras e denuncia gestão de Zé Aldemir