header top bar

section content

Com assessoria da RWR Consultoria, prestação de contas de 2015 da Companhia Docas da Paraíba é aprovada sem ressalvas no TCE

Parecer da procuradora do Ministério Público foi de regularidade nas contas, tendo em vista que todos os pontos do relatório da auditoria foram sanados

Por Jocivan Pinheiro

19/04/2017 às 13h39 • atualizado em 19/04/2017 às 13h44

Porto de Cabedelo

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba apreciou e julgou, na sessão desta quarta-feira (19), a prestação de contas do exercício de 2015 da Companhia Docas da Paraíba, cujos gestores naquele período foram Laura Farias, Lucélio Cartaxo e Gilmara Temóteo.

O parecer da procuradora do Ministério Público Isabela Barbosa Marinho Falcão foi de regularidade na prestação de contas, tendo em vista que todos os pontos do relatório da auditoria foram sanados.

A Corte julgou e aprovou, sem ressalvas e por unanimidade, a prestação de contas dos gestores, acompanhando o voto do relator do processo, conselheiro Oscar Mamede Santiago Melo.

A assessoria dos gestores na preparação da defesa foi da RWR Consultoria, com sustentação oral do contador e advogado Roberto Lacerda.

A Companhia Docas da Paraíba é a empresa portuária que administra e explora o Porto de Cabedelo, na cidade de Cabedelo, a 17 km da capital João Pessoa. A Docas–PB pertence ao Governo do Estado da Paraíba e é vinculada à Secretaria de Infraestrutura do Estado.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula