header top bar

section content

Renato Abrantes

Advogado (OAB/CE 27.159) Procurador Institucional da Faculdade Católica Rainha do Sertão (Quixadá/CE)

Email: moreirabrantesadv@gmail.com

| 22/01/2008 00:00

Igreja é coisa séria

Igreja é coisa séria! Costumava dizer isto em Marizópolis, nos tempos em que era Administrador Paroquial. A Igreja é de origem divina, com o respaldo humano. Porque divina, não erra; porque humana, constituída de homens, susceptível aos mais variados erros. Se, por um lado, isto deve nos encher de orgulho (nossa Igreja é Santa e […]


| 17/01/2008 00:00

Música é vida interior

Quem não passou por sofrimentos enormes? Quem de nós a forte dor ainda não tocou? O endereço da esperança parecer ter sido perdido quando nos sentimos sós, extremamente sós. Ninguém está isento da profunda amargura que, por vezes, chega sem motivo nenhum. Por vezes, até nos perguntamos, por que estamos assim? Hoje em Quixadá, no […]


| 10/01/2008 00:00

Quantas outras Gilzeanes e Jandiras?

Noite de 03 de janeiro de 2008. Aproximadamente 19h00m. De um lado, gente; do outro também. Aqui, famílias chorando perdas irreparáveis e danos materiais; ali, outras, sofrendo e lastimando-se, talvez querendo que o tempo tivesse um dispositivo de retrocesso. Na rua, populares buscando informações ou colocando-se à disposição para ajudar em algo; nas casas atingidas, […]


| 01/01/2008 00:00

Homem de Deus, homem da Igreja

As homenagens póstumas são válidas e, por vezes, bem merecidas. Contudo, prefiro fazê-las aos vivos. Aos mortos, o devido repouso. A história por vezes é injusta, e as crônicas feitas ao final de uma vida correm o risco de serem exageradas ou omissas. As compostas no tempo certo são mais justas, pelo fato de serem […]


| 22/12/2007 00:00

Não Gosto do Natal

Não gosto muito do Natal! Parece uma frase estranha para um cristão e, mais ainda, para um padre. Mas, repito: não gosto muito do Natal. Repito e explico-me: não gosto muito deste tipo de Natal a que somos “obrigados” a viver, o Natal do consumismo, do ridículo (e sincrético) papai Noel; do aniversário que esqueceu […]


| 13/12/2007 00:00

Eternamente Responsável Por Aquilo …

Quem ainda não leu “O Pequeno Príncipe” deve ler. Considero inadmissível que alguém não tenha ainda caído de avião no deserto com Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry filho do conde e condessa de Foscolombe nascido em Lyon aos 29 de junho de 1900 e morto aos 31 de julho de 1944. Faço um veemente convite a […]


| 06/12/2007 00:00

O Rei Mendigo

Andava pelas ruas da cidade como um rei: de cabeça erguida. Com um velho alfinete todo enferrujado, prendia um saco de estopa ao pescoço pendido às costas, o qual dizia ser a sua capa magna. A púrpura já não era mais púrpura, mas de outra cor, meio cinza, meio marrom, fruto do tempo e da […]


| 02/12/2007 00:00

A Hiprocrisia do Palhaço

Pobrezinho do palhaço do artigo da semana passada!!! Sua sinceridade foi colocada em xeque por um ilustre leitor que, erroneamente, questionou a honestidade do coitado. Para quem não leu o texto anterior, o citado palhaço é aquele que, na obrigação de fazer os outros rir (pois o espetáculo tem que continuar), derrama lágrimas por trás […]


| 19/11/2007 18:38

Educação,Economia e Insegurança

É de conhecimento populacional que Cajazeiras vivem momentos históricos e de glória na área da educação. É período impar da nossa história. As conquistas e avanços são de repercussão regional e nacional para uma cidade de aproximadamente sessenta mil habitantes. É um fato consumado! E as provas estão na consolidação das novas faculdades instaladas assim […]


| 13/11/2007 00:00

E hoje, em que a coisa mudou?

15 de novembro de 1889. Proclamação da República. O Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos, demitindo o Conselho de Ministros e o seu presidente, pôs fim a 67 anos de governo monárquico, expulsando vergonhosamente a família real do país e assumindo o posto de Presidente da República. Alguém por aí já disse […]

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!