header top bar

Francisco Inácio Pita

section content

A fé que se renova

22/06/2008 às 11h47

A fé é algo que tem uma explicação. Antes de tudo, o que é para você a verdadeira fé? É acreditar em Deus e em tudo? É esquecer padres da igreja católico e pastores das igrejas evangélicas e ler somente a Bíblia? É se tornar alienado com base na própria religião e na sua fé? São diversas indagação sobre a fé. Para a nossa fé se renovar, precisamos crer que Deus existe, é criador do universo e procuremos fazer sempre o bem sem olhar a quem. A verdadeira crença em Jesus Cristo está relacionada com a demonstração de nossas ações de amor e carinho para com o próximo aqui na Terra. Ser seguidor de uma religião de forma direta ou indiretamente é algo necessário para nós, pelo menos essa é minha opinião. Quando seguimos uma religião, estamos freqüentando um espaço sagrado da nossa fé, renovando as nossas esperanças em um mundo melhor e seguindo a palavra viva de Deus. Isso não importa em qual religião você esta seguindo, seja católica, evangélica, espírita ou outra qualquer, na verdade nenhuma religião nos leva a salvação, somente por pertencer à mesma. Creditar na salvação depende exclusivamente de cada um com base nas ações que realiza na terra em favor dos outros irmãos.

Muitos só participam ativamente de uma religião quando tem problemas em sua vida, doenças graves, problemas financeiros e outros. Cada pessoa vive a sua vida de acordo a sua fé. Há pessoas que se diz ateu, mas será que essas pessoas não acreditam mesmo em Deus? A maioria dos ateus apenas inventa que não crê em Deus, mas a grande maioria deles querem apenas aparecer.

Há um fato muito curioso entre os brasileiros sem religião, a maior parte está na Bahia de Todos os Santos, terra onde frei Henrique de Coimbra celebrou a primeiro missa no Brasil, em 26 de abril de 1500, a grande maioria de seus habitantes não tem religião. O estado da Bahia abriga seu maior esquadrão de sem-religião, é o terceiro estado com o maior contingente de brasileiros sem ligação religiosa. Salvador, está entre as capitais brasileiras, e é a campeã nacional: aproximadamente 18% de seus habitantes não têm religião. Considerando-se pesquisas feitas em todo o Brasil, os sem-religião são mais numerosos entre os homens e entre os brasileiros com menos de 55 anos. Não se sabe verdadeira de onde eles vêm. É provável que venham do rebanho de católicos desgarrados e que já sofreram algum tipo de decepção na igreja por parte de muitos padres e outros seguidores que fogem da bíblia temporalmente ou de igreja evangélicas onde há exploração e obrigatoriedade na participação em 10 % de todo salário que seu integrante ganha.

O Rio de Janeiro é o estado que tem menos católico do país e, simultaneamente, tem o maior número de sem-religião. Nas duas últimas décadas, houve uma queda acentuada de católicos que correspondeu uma alta igualmente acentuada de evangélicos. A igreja evangélica que mais cresceu, segundo se tem notícia, foi Igreja Universal do Reino de Deus, sendo uma voraz sugadora de fiéis e dízimos, se transformou em potência divina e comercial detendo hoje de um alto patrimônio distribuído em todo o universo.

No final de 2007, quando 2,1 bilhões de cristãos do mundo inteiro comemoravam os 2007 anos do nascimento de Jesus Cristo, segundo várias pesquisas a quantidade de católicos brasileiros seguem diminuindo após cada ano, desde 1940, mas ainda forma a maior multidão em relação a outros países do universo. Quando falamos no Brasil, podemos observar aproximadamente 64% da população brasileira ainda freqüenta a igreja católica, estando ligada diretamente as pastorais que tem motivado a presença marcante e a volta de muitos fieis que estavam afastados da igreja católica a muito tempo. Existem também muitos católicos que por tradição, simplesmente, freqüenta as missas aos Domingos. Com alguns ressalva, os católicos do Brasil, com seu número espetacular, mostram o vigor da crença e fé no divino, crendo que Deus é a potência dotada de todas as qualidades que a humanidade em geral não consegue ter. Para seguir a risco Jesus Cristo é tarefa difício, mas o povo acredita ainda que Deus é criador do universo, é incriado, ilimitado e imortal. A igreja católica é formada pelo Pai, filho e iluminado pelo espírito Santo. Se fosse formada e iluminada pelos homens, como a maioria dos políticos que governa nosso país, já estaria cheia de emendas ou teria se acabado totalmente. Baseado no número de pessoas de fé no Brasil podemos observar a dedicação de muitos, talvez por muita fé ou medo de ser atingido pelo mal. Isso serve para explicar a resistência em seguir uma religião, o mundo marcado de forma acentuada pela descrença, fome em algumas regiões, assaltos e mortes, principalmente nas grandes cidades onde existe um contingente de pessoas envolvidas nas drogas e, ao mesmo tempo, o notável preconceito da maioria dos brasileiros em relação aos ateus. Não faz sentido rejeitar alguém apenas porque não acredita em Deus. Se você faz assim, se sua religião segue assim, já está ferindo a Deus que não descrimina ninguém e nem tem preconceito. Deus está sempre pronto para perdoar aos pecadores, e pela fé, o pecador se sente perdoado e aliviado do mal de consciência que muitas vezes lhe segue, mas deve pela cresça e obrigação humana nunca mais repetir a ação maldosa que cometeu.

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz. E-mail: pittadoradio@gmail.com

Contato: pita.sjp@ig.com.br

CAMPOS IDEOLÓGICOS

VÍDEO: Enquete online do Diário do Sertão mostra que a maioria tem preferência política pela esquerda

TIRO NO PÉ

VÍDEO: Bolsonaro diz que o brasileiro vivia melhor no tempo de Lula, mas ataca gestão do ex-presidente

AUTORA EVANGÉLICA

VÍDEO: Missionária lança seu primeiro livro em Cajazeiras: “Santificação é um processo progressivo”

IDENTIFICADOS

VÍDEO: Suspeitos mortos em confronto com a polícia após ataque a carro-forte são da região de Sousa

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz. E-mail: pittadoradio@gmail.com

Contato: pita.sjp@ig.com.br

Recomendado pelo Google: