header top bar

José Ronildo

section content

Agenda positiva

20/05/2019 às 10h04

Coluna de José Ronildo

Após momentos de muita dificuldade financeira e reclamações por parte da população da cidade e da zona rural em relação a serviços de infraestrutura e na saúde, o prefeito José Aldemir, que por sinal, teve que cortar meio milhão de reais da folha, resolveu colocar em prática uma agenda positiva, ao anunciar o início da recuperação das estradas vicinais do município; o calçamento de mais duas ruas e melhorias nas principais entradas da cidade.
Após tirar o município de Cauc e receber recursos para o recapeamento asfáltico de 19 ruas e avenidas, dando uma cara nova a cidade e conseguir viabilizar o projeto para construção de 600 apartamentos populares pelo Minha Casa Minha Vida e o Centro de Diagnóstico por Imagem, respaldado pelo prestígio do deputado federal Agnaldo Ribeiro junto ao governo Temer, o prefeito José Aldemir até agora não conseguiu arrancar nada do governo Bolsonaro.
Falta a segunda etapa do programa de asfaltamento e mais 300 apartamentos e a Secretária de Desenvolvimento Humano tem afirmado que o governo não vem repassando os recursos para dos programas sociais, sobrecarregando a pasta. O governo prometeu abrir o cofre liberando 40 milhões de emendas para os deputados em troca de votos para reforma da previdência, mas até agora, nada.

Sigilo
Após a Justiça autorizar a devassa nas contas do senador e filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), de sua mulher e de mais de 88 ex-funcionários, o Ministério Público do Rio de Janeiro pode pedir a prisão do ex-assessor Fabrício Queiroz, que está entre aqueles que tiveram o sigilo quebrado.
Em três anos, o ex-assessor teria movimentado R$ 7 milhões, segundo o Coaf. Queiroz e Flávio Bolsonaro não compareceram ao Ministério Público nas datas marcadas para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Cigarro
O Ministério da Justiça deve decidir, até o fim de junho, se vai propor a redução de impostos sobre cigarros fabricados no Brasil. Em março, uma portaria assinada pelo ministro Sérgio Moro instituiu um grupo de trabalho para avaliar se mudanças nos impostos ajudarão a diminuir o consumo de cigarros estrangeiros de baixa qualidade. Preocupação geral na área da saúde.

Premiado
Responsável pela condenação do ex-presidente Lula em primeira instância, evitando sua candidatura à presidência da República, o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro será “premiado” com uma vaga no STF, no próximo ano.

Privatização
O Ministério da Educação vai bloquear 30% do orçamento das universidades públicas. E corta de onde já se oferece pouco. Hoje o que se observa é a privatização do ensino superior. O Ministério da Educação autoriza cursos superiores particulares de olhos fechados.

Agenda positiva
Após momentos de muita dificuldade financeira e reclamações por parte da população da cidade e da zona rural em relação a serviços de infraestrutura e na saúde, o prefeito José Aldemir, que por sinal, teve que cortar meio milhão de reais da folha, resolveu colocar em prática uma agenda positiva, ao anunciar o início da recuperação das estradas vicinais do município; o calçamento de mais duas ruas e melhorias nas principais entradas da cidade.

RÁPIDAS

*Pelo andar da carruagem não vai demorar muito tempo para o presidente da Câmara Rodrigo Maia fazer companhia a Eduardo Cunha, na prisão.
*O prefeito Carlos Antonio se disse decepcionado com algumas lideranças políticas que galgaram posições com o apoio do seu grupo político e depois, deram as costas.
*Pelo menos dois nomes disputam o apoio do prefeito Gervázio Gomes, de Bernardino Batista, em 2020: o ex-prefeito, Edomarques Gomes e o ex-vereador, Marquinhos Gomes.
*O prefeito de São José de Piranhas voltou a descartar a possibilidade de disputar a Prefeitura de Cajazeiras e disse está focando em São José de Piranhas.
*Lá, o ex-prefeito Neto Lacerda já se movimenta como pré-candidato a prefeito do município.
*Segundo informações, o ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antonio estaria articulando a candidatura de Carlos Filho, a prefeito em 2020, se tivermos eleições. Jeová indicaria o candidato a vice.
*Segundo o Sagres, nos três primeiros meses deste ano a Câmara Municipal de Cajazeiras, já pagou R$ 11.700,00 em diárias. Foram “contemplados” os vereadores, Léa Silva, Lindemberg Lira, Roselânio Lopes, Kleber Lima, Delzinho, Alysson Américo, Marcos Barros e Rivelino Martins.
*Com exceção de Rivelino, todos receberam diárias para cobrir despesas de viagens a João Pessoa, onde encaminharam requerimentos, principalmente junto aos deputados estaduais da terra.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br