header top bar

José Ronildo

section content

Cajazeiras, antes de depois das faculdades

25/09/2020 às 10h09

Coluna de José Ronildo

Não resta dúvida de que temos uma Cajazeiras antes e outra depois, após a chegada das faculdades e de novos cursos superiores. Isso começou a partir da virada do Milênio.

A cidade parada, em muitas perspectivas, sem muitas industrias, de repente deu um salto no seu crescimento, ganhando ares de cidade grande, com o crescimento civil vertical, ganhando grandes edifícios, dois antes só vista em Campina Grande e na capital. Junto com as faculdades veio a determinação do governo de investir na habitação, criando o programa “Minha Casa Minha Vida”. Esse segmento ainda hoje gera muitos empregos.

Se antes, os cajazeirenses deixaram a cidade em busca de trabalho e estudo, a migração passou a ser para a terra que ensinou a Paraíba. Com o passar dos anos, começamos a observar a interiorização do ensino superior e incentivos para que a iniciativa privada entrasse nesse segmento.

Foi aí que Cajazeiras, certamente pela sua localização geográfica, que faz fronteira com vários municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, estamos próximos do Vale do Piancó e de Sousa, despertou o interesse de alguns empresários e com o apoio da gestão municipal e de lideranças políticas em Brasília, as portas começaram a se abrir, com a implantação das faculdades Santa Maria e São Francisco; a volta, com novos cursos da Fafic e a implantação dos cursos de Enfermagem e Medicina, na UFCG, que já atendia à demanda regional, com um Centro de Formação de Professores, originário da Fafic, uma iniciativa da Diocese, como forma de introduzir o ensino superior na região.

Rápidas

*O ex-governador Ricardo Coutinho tem se apresentado com um novo visual: cabelos mais brancos e grandes e sem os óculos.

*As cores da campanha este ano em Cajazeiras: Verde (Denise) Azul (José Aldemir) e Laranja (Marquinhos).

*Com apenas dois votos na urna eletrônica: o primeiro para vereador, com cinco números e o segundo para prefeito, com apenas dois números a expectativa é que tenhamos uma votação relâmpago.

*Já a computação dos votos também deve ser super rápida, de forma que Cajazeiras vai conhecer, hora após o encerramento da votação, os eleitos. A expectativa fica sempre para a abertura das primeiras urnas (boca de urna), por parte das emissoras de rádio para saber quem parte na frente. Na apuração, o rádio é quem comanda, e não a internet.

*Mais uma vez, a própria justiça eleitoral aconselha aos eleitores para levarem os números dos candidatos anotados. É a famosa cola, para acelerar ainda mais o processo de votação.

*Mesmo com a bandidagem, denominada de “novo cangaço” tendo voltado a agir na Paraíba, com a explosão da agência bancária de Coremas, a Paraíba registrou queda de 65% nos ataques a bancos entre janeiro e agosto.

*Vereador Amilton Fernandes reassumiu a presidência da Câmara Municipal de Uiraúna após ter sido afastado em primeira instância, acusado de improbidade administrativa.

*O radialista Francisco Alves (Tatico) não vai disputar uma vaga na Câmara Municipal de Cajazeiras este ano.
*Em 2016 ele obteve 402 votos. Já o radialista Ivanildo Dunga que já foi vereador; tentou a reeleição em 2016, não obtendo êxito (tirou 303) votos, vai tentar se reabilitar este ano.

*Duas radialistas (locutoras de FM), também já estão na disputa: Márcia Rejane e Gorete Videres.

*Dois primos legítimos estarão novamente na disputa por uma cadeira na Câmara Municipal de Cajazeiras: Roselânio Lopes, que tenta à reeleição e Serafim da Palhoça, que no último pleito ficou na primeira suplência da sua coligação, com 524 votos. Ambos são oriundos do Distrito da Serra da Arara.

*O ex-prefeito de Cajazeiras, médico Carlos Antonio entrou com tudo na campanha da esposa, Drª Denise. Passou o último final de semana fazendo corpo-a-corpo, casa-a-casa, ao lado de candidatos a vereador.

*Com a redução no número de internamentos, o governo do Estado retoma o programa que tem como finalidade zerar a fila de espera por cirurgias eletivas.

*Impedido por ter condenação na justiça, o vereador Marcos Barros registrou o filho, Lamarque Barros como candidato a vereador.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Leonardo Gadelha diz que saúde de Sousa está na UTI, e Tyrone chama o adversário de ‘alienígena’

PROPOSTAS PARA SOUSA

VÍDEO: Em debate, candidato propõe modernização do DAESA, e adversário diz que o órgão é um ‘engodo’

DEBATES 2020

VÍDEO: Fábio Tyrone e Valdeci Filho divergem sobre investimentos em moradia popular na cidade de Sousa

"INGRATIDÃO"

VÍDEO: Denise responde a Zé Aldemir após ter família adjetivada de ‘casal anfitrião da Polícia Federal’

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!