header top bar

Rui Galdino

section content

A consolidação do nome de João Azevedo

25/10/2017 às 10h28

A rearrumação da oposição, a consolidação do nome de João Azevedo e a renovação para o Senado.

As chamadas oposições ao governador Ricardo Coutinho, até um certo tempo se dizia que estava unidas em torno dos seguintes nomes para governador: Cartaxo, Romero, Maranhão e Cássio. Lembram? Pois bem, eu nunca acreditei nessa tal união em torno de quatro nomes, pois, para mim, união é em torno de um nome, por isso, nunca entendi essa tal união de quatro pré-candidatos, onde ninguém quer abrir e todos blefam entre si.

Ocorre, que de repente, o senador Maranhão, macaco velho em política e vendo o vácuo, egoísmo e a desorganização nas oposições, resolveu se lançar a governador em faixa própria com o apoio do seu partido, e com isso, bagunçou geral todos os planos das oposições, onde queriam em tese, que o candidato único fosse Luciano Cartaxo. A pré-candidatura ao governo do senador Maranhão, é uma realidade, e faz as oposições repensarem seus planos, pois, Maranhão, começa a criar musculatura a cada dia que passa.

Esta semana, conversando com o jornalista sertanejo, Cézar Nitão, ele me disse, que ouviu de assessores dos senadores Cássio e Maranhão, que os dois vão caminhar juntos em 2018, ou seja, PMDB e PSDB, estarão unidos em torno da candidatura de José Maranhão, rumo ao governo do estado. E disse também, que Cássio, temendo não ser reeleito para o Senado, já está admitindo ser candidato à deputado federal, pois, seria mais fácil a sua eleição.

Com isso, Pedro Cunha Lima, não seria mais candidato a nada, uma vez que está querendo abandonar a política e se dedicar à profissão de professor de Direito Constitucional, seu antigo sonho, inclusive, já está em sala de aula dando seus primeiros passos como professor. Será isso mesmo? Bom, seja o que for, o fato é que com a pré-candidatura de Maranhão ao governo do estado, a oposição já está em fase de rearrumação.

Nessa rearrumada e temendo perder o governo mais uma vez, o jornalista Cézar Nitão, acha que teremos a seguinte chapa da oposição para 2018: Para Governador – José Maranhão; Para Vice-Governador – Romero Rodrigues; Para Senadores – Raimundo Lira e Lucélio Cartaxo. Essa, seria a chapa das oposições que contemplaria a todos, inclusive os Ribeiro – PP, que ganharia a prefeitura de Campina. Apenas Manoel Júnior, perderia a chance de assumir a prefeitura da capital, porém, sairia candidato a deputado federal, com apoio da prefeitura de João Pessoa e os votos de Pedro Cunha Lima.

Bom, respeito a opinião do colega Cézar Nitão, no entanto, até onde eu sei, Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito da capital, já está trabalhando nos bastidores visando se eleger deputado estadual. Também acho que Luciano Cartaxo, é candidatíssimo a governador de todo jeito, mesmo que os senadores Maranhão e Cássio, não lhe apoiem, pois, Cartaxo, sabe que seu momento é agora ou nunca! O problema, é saber pra onde vai o PSDB, se fica com Cartaxo ou Maranhão, pois, na minha visão, ambos são candidatíssimos ao governo do estado em 2018.

Enquanto isso, o governador Ricardo Coutinho, continua firme e forte trabalhando por toda Paraíba, e o nome de João Azevedo – PSB, pré-candidato do governo, se consolida a cada dia que passa perante o eleitorado paraibano. Ricardo, sabe que a Paraíba não pode mais retroceder, e que a oposição representa o atraso e a volta da velha política, por isso, vai ficar no governo até o fim, para terminar os seus projetos com chave de ouro, eleger João Azevedo, governador, bem como, os dois senadores do seu agrupamento político.

Então, para 2018, poderemos ter três candidatos a governador: Luciano Cartaxo – PSD; José Maranhão – PMDB e João Azevedo – PSB , pelo menos até agora, a não ser que o senador Cássio, se achando o “líder” maior da oposição, de última hora, tenha uma nova crise de poder e queira ser candidato mais uma vez ao governo do estado, como ocorreu em 2014. Com relação ao Senado, duas vagas estarão sendo disputadas, e aí poderemos ter grandes surpresas e renovação para o Senado, pois, o governador Ricardo, começa a sinalizar que poderá apoiar pessoas novas e diferentes, que assim como o governador, não querem que a Paraíba corra o risco de retroceder.

Que venha 2018, pois, o povo brasileiro e paraibano em especial, está esperando a oportunidade para dar o troco através das urnas, à todos os políticos que nada ou quase nada fizeram em benefício do povo e apenas agem visando seus interesses pessoais e lutando para conseguir dinheiro e vantagens públicas para gastar nas suas reeleições e enganar o povo mais uma vez. Acho que desta vez, o povo vai pensar e agir diferente, votando em pessoas novas e diferentes, que realmente queiram lutar por um NOVO Brasil.

Rui Galdino

Rui Galdino

Rui Galdino, é advogado, jornalista, empresário e apresentador do programa CONVERSANDO COM RUI GALDINO, na TV MASTER.

Contato: ruigaldino@hotmail.com

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’

Rui Galdino

Rui Galdino

Rui Galdino, é advogado, jornalista, empresário e apresentador do programa CONVERSANDO COM RUI GALDINO, na TV MASTER.

Contato: ruigaldino@hotmail.com