header top bar

José Ronildo

section content

Devagar

04/12/2021 às 08h47

Estrada de Boqueirão em Cajazeiras. Foto: Reprodução da internet

Por José Ronildo

Volto ao mesmo assunto. A morosidade das obras públicas em Cajazeiras (estaduais e federais conveniadas com o município). O governador João Azevêdo culpou as empresas pelos atrasos e em alguns casos, abandono de obras, de forma que o governo não tem outra saída a não ser fazer novas licitações, o que infelizmente, demanda tempo.

As reclamações não são apenas em relação a Cajazeiras. Radialistas de Sousa também questionaram o governador sobre atraso na execução de obras.

Do anúncio do governo, até o final da licitação já é um longo caminho e quando tudo isso ocorre as empresas não executam as obras com a rapidez que a população almeja.

Em Cajazeiras, volto a falar da tão sonhada obra da pavimentação asfáltica da estrada de Boqueirão que continua a passo de tartaruga; a empresa que ganhou a licitação para fazer o acesso à 6ª Ciretran até o momento não deu o ar da graça; a que venceu o processo licitatório para fazer a avenida Francisco Arcano de Albuquerque e pavimentação da João de Sousa Maciel colocou uma máquina fazendo o roço da área, mas, segundo informações, ficou só nisso.

O início dos trabalhos chegou a ser comemorado nas redes sociais pelo deputado estadual Júnior Araújo. E a tão badalada reconstrução do colégio Manoel Mangueira? O governador garantiu que daqui a no máximo trinta dias virá a Cajazeiras exclusivamente para assinar a Ordem de Serviço. Ele também colocou como justificativa para demora a burocracia, tendo em vista os recursos são do FNDE e o projeto precisava ser aprovado e todas as exigências atendidas.

O próprio deputado Júnior teve que correr atrás de documento no cartório assegurando que a área era do domínio do Estado. O Restaurante Popular, também demorou mais chegou. O problema também é observado nas obras do município, que culpa o governo federal e a Caixa Econômica que não libera os recursos das emendas dentro do prazo.

O Centro de Comercialização de Frutas devia ter sido entregue aos feirantes e à população em junho do ano passado; a Prefeitura está desde o ano passado pavimentando a paralelepípedos 19 ruas, único investimento nesse setor na atual gestão.

No primeiro mandato, o prefeito Zé Aldemir conseguiu arrancar os recursos da primeira etapa do recapeamento asfáltico, processo que foi rápido, graças ao prestígio, na época do deputado Agnaldo Ribeiro, com o então presidente, Michel Temer, mas até hoje não conseguiu a liberação da segunda etapa. Por outro lado, saiu a empresa vencedora que vai pavimentar uma rua e uma avenida na cidade, recursos de uma emenda parlamentar, mas até o momento, ela também não apareceu para começar os trabalhos. E a obra das adutoras que levaria água para dezenas de comunidades rurais, como anda?

Pelo menos a construção de uma escola no Distrito de Divinópolis com recursos do FNDE, que ficou paralisada durante muito tempo foi retomada, além da construção de uma creche na zona norte.

Praças

Foi iniciada uma reforma na Praça do Pirulito e nunca concluída. O logradouro está numa situação deplorável. Aliás, outras praças e espaços de lazer da população também precisam de cuidados, a exemplo do Leblom. Segundo o secretário de Comunicação do município, jornalista José Anchieta as praças de Cajazeiras estavam há muito tempo sem receber cuidados e melhorias, enaltecendo o trabalho já desenvolvido pela atual gestão.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

AVANÇO NA EDUCAÇÃO

VÍDEO: Prefeita Denise Bayma entrega nova fachada e duas novas salas na Escola Maria do Carmo Gonçalves

DIREITO

VÍDEO: Adoções podem ser feitas extrajudicialmente a partir dos 12 anos, explica advogado

DEBANDADA

VÍDEO: Deputado Taciano Diniz explica por que deixou a base do governador para apoiar Veneziano

CANDIDATOS OU NÃO?

VÍDEO: Radialista desabafa contra políticos paraibanos que insistem em tentar recursos na Justiça

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google: