header top bar

José Ronildo

section content

Especulações para 2022

18/12/2020 às 11h24 • atualizado em 18/12/2020 às 19h35

Coluna de José Ronildo

Por José Ronildo

Apesar da distância do pleito eleitoral, o que não faltam são especulações em relação a nomes e até formação de chapas para as disputas eleitorais de 2022.

Após a aliança entre o PP e o Cidadania em João Pessoa, elegendo Cícero Lucena muitos estão convictos de que ela será estendida para o Estado e até já lançaram a chapa, tendo João Azevedo e Drª Paula, como vice.

Tudo isso antes mesmo da aliança estadual ser concretizada. O dois partidos fizeram alianças municipais pontuais, onde foi possível. Mesmo estando hoje no PP, o prefeito de Cajazeiras José Aldemir e sua esposa, Drª Paula sempre foram aliados políticos dos Cunha Lima, entretanto, Paula foi taxativa ao afirmar em entrevista prestada ao programa Rádio Vivo que defendia uma aliança do PP com o Cidadania, apoiando a reeleição de João Azevêdo.

Nem mesmo Paula acha ser tão simples assim, uma indicação do seu nome como companheira de chapa de João, como noticiam alguns jornalistas. O PP de Agnaldo Ribeiro nos últimos anos vem se aliando aos Cunha Lima em Campina, inclusive, Enivaldo Ribeiro é atual vice-prefeito de Romero Rodrigues, mas a direção do vento pode mudar em 2022.

Pela oposição alguns nomes já estão se lançando como pré-candidatos ao governo e esse tem sido o problema dos oposicionistas. Na eleição passada Luciano Cartaxo desistiu da disputa por falta de união. Terminou saindo Lucélio Cartaxo, numa aliança com Cássio e José Maranhão. Na última campanha Ricardo estava em alta e indicou um nome pouco conhecido do eleitorado, mas venceu a eleição logo no primeiro turno.

Alguns nomes já citados pela oposição, a exemplo de Romero Rodrigues; Pedro Cunha Lima e Luciano Cartaxo. O futuro do PSB e do ex-governador Ricardo Coutinho é incerto. Não sabemos se até lá já teremos algum desfecho das acusações que pesam contra ele, na operação Calvário; se vai estar elegível.

A eleição de João Pessoa mostrou que sua liderança foi duramente afetada após a operação. Ele também está isolado politicamente. Quando deixou a Prefeitura de João Pessoa e se candidatou a governador fez uma aliança com Cássio, agora, com a guinada que deu para esquerda, dificilmente encontrará abrido no grupo de Cássio.

Aliança
A pergunta que se faz nesse momento em Cajazeiras. Se realmente aconteceu uma aliança do PP com o Cidadania, os grupos de Carlos Antonio, Júnior Araújo e Denise e do prefeito José Aldemir estarão no mesmo palanque apoiando João. Para alguns analistas isso seria impossível. O fato é que aliados de Aldemir e Paula torcem pela aliança para escorraçar o grupo adversário do poder no Estado.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

POR UNANIMIDADE

VÍDEO: Empresa desrespeita Lei aprovada na Câmara para beneficiar população de Cajazeiras

BOAS EXPECTATIVAS

VÍDEO: Prefeita de Bom Jesus fala de projetos e diz que pagar dentro do mês será prioridade

AUXÍLIO EMERGENCIAL

VÍDEO: ”Músicos de Conceição receberão ainda esta semana auxílio”, diz procurador após denúncias

DESCASO

VÍDEO: Moradores denunciam abandono em Conjunto Residencial de Cajazeiras e pedem ação da Prefeitura

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!