header top bar

Alexandre Costa

section content

HU Sertão: Fim de um Sonho?

29/09/2020 às 15h04

Imagens do Hospital Universitário do Sertão a ser construído no Campus da UFCG Cajazeiras.

Por Alexandre Costa (*)

O ano era 2018… a UFCG – Universidade Federal de Campina Grande anunciava com pompa a abertura do processo licitatório para contratação de projetos executivo de arquitetura e complementares de engenharia para a obra do novo Hospital Universitário Júlio Bandeira em Cajazeiras, hoje denominado HU Sertão – Hospital Universitário do Sertão da Paraíba. Era motivo para se comemorar mesmo, pois tratava-se de uma obra revolucionária com capacidade para duzentos leitos oferecendo serviços médicos de alta complexidade, uma mega estrutura orçada em mais de duzentos milhões de reais, o que tornaria Cajazeiras o terceiro polo de saúde do estado, impactando fortemente o perfil socioeconômico de todo alto sertão da Paraíba.

Consciente da importância desta obra e de seus impactos benéficos, a sociedade civil organizada de Cajazeiras e região tomou para si o compromisso de levantar mais uma bandeira e tornar este sonho numa conquista. É o mesmo estrato social de lutas e experiências exitosas anteriores como o curso de medicina, o aeroporto e o IML, que se reagruparam e partiram para mais um desafio. Surgia o comitê HU Sertão.

Órfãos de uma representação política no congresso nacional, membros deste movimento se deslocaram até Brasília, pagando as despesas do próprio bolso, para participar de reunião da bancada federal, quando arrancaram à fórceps uma emenda de 25 milhões para início da obra. Uma odisseia. Com esta verba assegurada, o movimento tinha como certeza a licitação e o início das obras já no primeiro semestre de 2019 e, o mais importante de tudo, tornava o empreendimento irreversível.

Transcorreu-se todo o ano de 2019, com os 25 milhões repousando no caixa da UFCG, com o processo licitatório travado porque a EBSERH – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, misteriosamente não tinha entregado o projeto arquitetônico e de engenharia, o que veio ocorrer somente em fevereiro de 2020, habilitando a UFCG abrir a licitação. E foi nesse mesmo mês que o reitor Vicemario Simões, em reunião no seu gabinete, assegurou a todos membros do comitê ali presentes a não devolução dos recursos e a imediata abertura do processo licitatório para construção da obra. Hoje, setembro de 2020, constatou-se, segundo setores da UFCG, que o processo licitatório não foi aberto porque a SUDEMA não emitira o licenciamento ambiental. O Superintendente da SUDEMA, através de ofício, rechaçou de imediato essa notificação, informando que o licenciamento não foi emitido simplesmente porque a UFCG não formalizou o pedido.

Afinal, estaria o nosso futuro HU Sertão condenado a não sair do papel? Esse atraso da EBSERH em entregar o projeto, como também a própria reitoria em não abrir o processo licitatório, seriam coisas da infernal burocracia brasileira ou uma grande orquestração maquiavélica, coordenadas por forças ocultas dentro da instituição determinadas em fulminar de vez o que viria ser a obra do século no alto sertão paraibano?

A quem interessaria a não construção do HU Sertão? Tenho plena convicção que, tornando se realidade, o HU Sertão, pela sua magnitude e o impacto social e econômico gerado, fatalmente levaria a um desmembramento da UFCG, criando a futura Universidade Federal do Sertão, o que desagradaria, em cheio, setores corporativos dentro da instituição que são frontalmente contra esse desmembramento. Aí residem os verdadeiros inimigos do HU Sertão.

(*) Alexandre José Cartaxo da Costa é engenheiro, empresário, presidente da CDL Cz, diretor da Fecomercio PB e membro da ACAL.

Alexandre Costa

Alexandre Costa

Alexandre José Cartaxo da Costa é engenheiro, empresário, presidente da CDL Cajazeiras, diretor da Fecomercio  PB e membro da ACAL.

Contato: cartaxocosta@gmail.com

VAI ACONTECER

VÍDEO: Candidatos a prefeito de Aparecida confirmam presenças no debate da TV Diário do Sertão

CLIMA QUENTE

VÍDEO: Seguranças entram em cena para intervir em debate após forte discussão entre candidatos de Sousa

TROCA NA OPOSIÇÃO

VÍDEO: Impedido pela Justiça, Teta Francisco lança candidatura da sua esposa em Cachoeira dos Índios

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Leonardo Gadelha diz que saúde de Sousa está na UTI, e Tyrone chama o adversário de ‘alienígena’

Alexandre Costa

Alexandre Costa

Alexandre José Cartaxo da Costa é engenheiro, empresário, presidente da CDL Cajazeiras, diretor da Fecomercio  PB e membro da ACAL.

Contato: cartaxocosta@gmail.com

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!