header top bar

José Ronildo

section content

Militares

24/10/2021 às 19h24 • atualizado em 24/10/2021 às 19h27

Coluna de José Ronildo.

Por José Ronildo

Integrantes da ala militar do governo Bolsonaro afirmam que, em um eventual cenário de vitória de Lula em 2022, a chance de as Forças Armadas não respeitarem o resultado das eleições é “nula”.

Ao falar sobre a hipótese de uma ruptura institucional, auxiliares de Bolsonaro rememoram a ditadura militar e falam que o período trouxe “muitos prejuízos” à caserna. Questionados se haveria resistência dos mais de 6 mil militares empregados no governo em aceitar uma vitória petista, ministros da ala militar garantem que esse grupo também respeitará os resultados das urnas.

A relação com os militares é um tema que preocupa o entorno de Lula, inclusive, com questionamentos frequentes de aliados sobre o assunto. Interlocutores do ex-presidente têm trabalhado para se aproximar de lideranças das Forças Armadas. O foco é diminuir a resistência dos militares a Lula e ao PT.

Ministros da ala militar de Bolsonaro se dizem confiantes na vitória do capitão reformado, em 2022, mas confessam que, para que a reeleição se concretize, a economia precisa melhorar.

Absorventes

Apesar do veto do presidente Jair Bolsonaro ao trecho de uma lei que previa oferta gratuita de absorventes a adolescentes de baixa renda e mulheres carentes, ao menos 13 Estados e o Distrito Federal já contam com projetos para distribuição do item para estudantes e mulheres em situação de vulnerabilidade.

Acompanha

O prefeito de São José de Piranhas e pré-candidato a deputado estadual, Chico Mendes afirmou que caso o chefe do executivo estadual, João Azevêdo mude de partido ele o acompanhará. Atualmente João é filiado ao Cidadania tendo sido responsável pelo fortalecimento da legenda no Estado, entretanto, espera como vai ficar a conjuntura política e partidária no País e na Paraíba, especialmente em termos das federações partidárias.

Apoios

O deputado estadual Júnior Araújo continua catalogando apoios para sua reeleição. Nos últimos dias fechou com o ex-candidato a prefeito pela oposição de Bom Jesus, o jovem Diego Breno. Ele já contava com o apoio das demais lideranças da oposição, e por último, Paulino de Nil, ex-candidato a prefeito de Joca Claudino, juntamente com o vereador Expedito Leite.

Veneziano

Existe uma expectativa muito grande em relação aos próximos passos do senador Veneziano. Sua esposa, Ana Cláudia que deixou uma solenidade em Campina Grande pelo fato de não ter sido convidada para compor a mesa ao lado do governador João Azevêdo, também não foi sequer convidada para uma reunião do chefe do executivo com os deputados da base aliada. Ela é secretária de Articulação e do Desenvolvimento Social.

Rompimento

A líder comunitária e ex-candidata a vereadora, Maria do Leite enviou um áudio para secretária de Saúde de Cajazeiras, Michele Noleto entregando o cargo comissionado que ocupa na pasta e demonstrando insatisfação com o tratamento que vinha recebendo, principalmente depois que a atual titular da pasta assumiu o posto. O áudio “vazou” para imprensa.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

INTERNET

VÍDEO: Pesquisadora expert no mundo digital alerta empreendedores sobre segurança cibernética

FATALIDADE

VÍDEO: Sepultamento de jovem que morreu de descarga elétrica é marcado por muita comoção em Cajazeiras

ARREPENDIDO?

VÍDEO: Bolsonaro diz que não sabe ‘onde estava com a cabeça’ quando decidiu ser candidato a presidente

OPINIÃO

VÍDEO: “Parece que existe uma força-tarefa em Brasília para que Lula seja candidato”, diz advogado

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado pelo Google: