header top bar

José Antonio

section content

Nosso grito precisa ultrapassar a Serra da Borborema

04/02/2013 às 09h01

Existe uma história, que no Palácio da Redenção, o governador Ivan Bichara Sobreira, ficava nervoso e se tremia todas as vezes que o deputado estadual João Bosco Braga Barreto ocupava a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer denúncias e cobrar obras e ações do governo para a cidade de Cajazeiras.

Não sei se pela ação parlamentar de Bosco Barreto ou se pelo amor que devotava a sua cidade de Cajazeiras, ou se ainda pela interferência de dois cajazeirenses que faziam parte do governo de Ivan Bichara: Deusdedit Leitão e Frassales Cartaxo, ao final do seu mandato, o filho governador cobriu de obras a cidade que lhe serviu de berço.

Nunca, talvez, jamais, esta cidade vai ter as oportunidades que teve no governo de Ivan Bichara, mas por incrível que pareça, o filho mais ilustre da terra e que lhe cobriu de obras, não tem uma única viela, uma rua, um beco, uma praça ou mesmo um banco de praça com o seu nome. Chegamos ao ano de 2013, quarenta anos depois e Ivan continua esquecido e injustiçado em sua terra.

Desde então os nossos gritos de denúncias, as nossas vozes a clamar e a cobrar por efetivas e decisivas ações políticas para esta terra, não têm conseguido sequer a ultrapassar os contra fortes da Serra da Borborema. A nossa já rouca voz bate na serra e volta sem resposta.

Outros deputados, tidos e havidos como representantes de Cajazeiras, ao ocuparem a tribuna da Assembleia da Paraíba, as suas vozes, talvez, sequer conseguiram atravessar a Praça Presidente João Pessoa e chegar ao Palácio da Redenção. E fica a pergunta: qual a obra de vulto ou de relevância que nos últimos anos em nossa cidade foi realizada?

Precisamos urgentemente formar um coral: sociedade civil, classe política, trabalhadores, homens do campo e da cidade para uníssonos possamos resgatar o nosso poder político para colocar Cajazeiras no patamar que sempre mereceu. Grita Cajazeiras! Grita Cajazeiras! Até que possam ouvir o teu clamor e te dê o que mereces.

Secretaria de Orçamento e Controle Interno
O titular da Secretaria de Orçamento e Controle Interno do município de Cajazeiras, advogado José Cavalcanti de Alencar, postou no seu face book, na tarde deste dia três de janeiro a seguinte mensagem: “Cajazeiras pode ter vivido a maior “queima de arquivos de documentos públicos municipais da história”. E concluiu: “de hoje para amanhã poderemos ter uma ideia da dimensão desta tragédia”. “Parece que ao invés de limpar as vias públicas, limparam os computadores”.

Tudo leva a crer, pelas informações que estão sendo tornadas públicas, ações de dilapidação do patrimônio público do município não ocorreu somente neste setor, mas em outros, a exemplo dos equipamentos, máquinas e veículos da secretaria de infraestrutura, pelos levantamentos preliminares, a situação é mais grave do que se imagina. Num país sério os responsáveis por estas ações já estariam todos atrás das grades. Não quero e nem devo acreditar que estes atos tenham tido a anuência do chefe do poder executivo do município, mas seria de extrema importância que ele seja notificado para que possa ajudar na identificação das pessoas que praticaram estas insanidades, até porque ele seria o responsável maior e guardião do patrimônio do povo de Cajazeiras e por tudo isto é bom que ele saiba que a história irá julgá-lo.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado para você pelo google

FOI BALEADO DURANTE PROTESTO

ASSISTA: Cid Gomes grava vídeo dentro de UTI antes de ser transferido de Sobral para Fortaleza

LIXO E DANOS ESTRUTURAIS

VÍDEO: Vereador denuncia descaso da prefeitura em distrito de Poço Dantas: “Isso é uma imoralidade”

É GRATUITO

VÍDEO: comunidade Shalom realizará retiro religioso “Renascer” nos dias 22 a 25 de fevereiro em Sousa

EFEITOS PSICOLÓGICOS

VÍDEO: Advogado explica o que é alienação parental em crianças e adolescentes e como agir nesse caso

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br