header top bar

José Antonio

section content

Padre Manoel Mariano de Albuquerque

20/10/2017 às 08h57

Padre Manoel Mariano de Albuquerque: deputado na Monarquia e República em quatro legislaturas

Há muito que se pesquisar e escrever sobre o Padre Manoel Mariano de Albuquerque, cajazeirense, nascido no ano de 1844, filho Mariano Gomes de Albuquerque e Delfina de Jesus do Espírito Santo, foi ordenado sacerdote em Olinda, no ano de 1869.
Exerceu atividades eclesiásticas como Pároco de Santo Antonio, em de Piancó (1881-1896), de Nossa Senhora do Rosário, em Pombal (1889-1891) e de Nossa Senhora da Conceição, em Misericórdia (1882-1883).

Faleceu em Cajazeiras no dia 23 de fevereiro de 1896, com apenas 52 anos de idade e foi sepultado na atual igreja de Nossa Senhora de Fátima, antiga Nossa Senhora da Piedade, três anos depois era sepultado nesta mesma igreja o Padre Inácio de Sousa Rolim.

Nos livros já publicados sobre a História de Cajazeiras existem poucas referências sobre este ilustre filho de nossa terra e nos de genealogia sequer se relacionam todos os nomes de seus irmãos. Do seu pai pude obter o ano de seu nascimento, em 1800, o mesmo ano de Padre Rolim e de sua morte em 14 de julho de 1881, embora haja controvérsias com relação a esta data. Sobre os irmãos encontrei até o momento os nomes de três: Mariana Gomes de Albuquerque, falecida no dia 24 de março de 1890, com 54 anos, David e Sabino Francisco de Carvalho, nascido em 1857 e falecido em 06 de junho de 1887. Precisamos buscar no cartório o inventário de seus pais.

No dia 17 de agosto de 1869 Mariano e Delfina doaram uma casa de tijolos (rara nesta época), na Rua do Sossego, para a formação do patrimônio para a ordenação sacerdotal de Padre Manoel Mariano.

Mas o grande destaque deste sacerdote foi a sua intensa atividade política, quando foi eleito para 22ª legislatura como deputado provincial (1878-1879), bem como para a 23ª legislatura (1880-1881) e ainda no regime monárquico durante a 24ª legislatura (1882- 1883). O escritor Celso Mariz em “Memórias da Assembléia Legislativa” cita o padre Manoel Mariano como representante do “coronelismo popular”, que “veio até a República, que muito subiu em posição”.

Até o advento da República, que se finda na 28ª legislatura, que foi prejudicada e que teve um pequeno período de existência entre Agosto e 15 novembro de 1889, foram realizadas eleições por Distrito e Cajazeiras pertencia ao 5º e teve como representante José Joaquim do Couto Cartaxo.

Com a República, dissolvidos os partidos Liberal e Conservador, foi eleita a Primeira Assembléia Constituinte e Legislativa da República, para o quatriênio de 1891-94, foi dissolvida por decreto e em seguida foi eleita a Segunda Assembléia, para o período 1882-1895 e dela fez parte a Padre Manoel Mariano de Albuquerque, que obteve a vaga em função do falecimento de Gercino Martins de Oliveira Cruz.

Com quatro mandatos de deputado, três no período da Monarquia e um na República, o padre Manoel Mariano merece e deve ser objeto de estudos e pesquisas. Na assembléia da Paraíba se encontram os restos do que foi o seu valioso arquivo para onde deveremos orientar nossos estudiosos e interessados sobre este assunto, bem como para as paróquias por onde ele passou.

Repito, ainda há muito a se pesquisar sobre este nosso ilustre filho. Esta semana fiz mais uma peregrinação para encontrar uma fotografia dele, andanças que já fazia há muitos anos, e felizmente obtive êxito através de uma tradicional família que residia na zona rural de Cajazeiras e a tinha como relíquia e uma preciosa lembrança, fotografia que deverei encaminhar para o futuro museu de Cajazeiras, depois da nomeação de seu curador.

Cajazeiras sempre esteve representada na Assembléia Legislativa, tanto na Monarquia quanto na República e o padre Manoel Mariano foi um dos mais insignes defensores de nossa cidade e merece um lugar de destaque na galeria de nossa história.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br