header top bar

José Ronildo

section content

Privatização do ensino superior

01/11/2017 às 19h06

Charge privatização do ensino

Estamos observando a privatização do ensino, principalmente o superior, com o estímulo do governo federal.

Após a redemocratização do País, nos governos Sarney, Collor, Fernando Henrique Cardoso, as universidade públicas foram relegadas à própria sorte, com o seu sucateamento e o achatamento salarial dos professores, o que resultou em muitas greves, enfraquecendo ainda mais essas instituições.

Nos governos de Lula, ele resolveu voltar a investir nas universidades publicas, quando criou o Reuni que previa recursos para a abertura de novas universidades e novos cursos, principalmente no interior. Na Paraíba o Reitor Thompson Mariz aproveitou bem o programa e criou cursos como o de Medicina e Enfermagem em Cajazeiras, além de ter iniciado o processo que culminou com a transformação do Hospital Infantil em Hospital Universitário.

Depois, a presidente Dilma criou um programa que dava oportunidade para que estudantes de baixa renda pudessem frequentar as universidades particulares, por meio de bolsas, denominado de Prouni, que se juntou ao financiamento estudantil, fortalecendo as instituições particulares, entretanto, o objetivo final era o acesso da população de baixa renda ao ensino superior.

O fato é que universidades particulares avançaram de forma impressionante nos últimos anos. O governo Dilma também resolveu investir na reestruturação dos hospitais universitários, totalmente endividados e sucateados. Agora, depois dos bons ventos, o novo governo de Temer contingenciou os recursos das universidades públicas, que enfrentaram sérias dificuldades até para pagar suas contas mensais. Investir, criando novos cursos e faculdades, nem pensar.

Cajazeiras é um exemplo bem claro do avanço das universidades particulares. Enquanto foram criados a duras penas dois cursos na UFCG (Medicina e Enfermagem), o Ministério da Educação autorizou todos os cursos solicitados pelas faculdades particulares, uma praticamente recriada, no caso a FAFIC e duas novas, a São Francisco e a Santa Maria. Thomspon Fernandes tentou criar mais dois cursos, inclusive um de Educação Física, mas não conseguiu. As particulares pediram, e o Ministério da Educação aprovou logo dois.

Para observar o processo de privatização do ensino superior no País basta ver o número de alunos matriculados na rede particular e os matriculados na rede pública. Outro problema: os cursos de medicina públicos são ocupados pelos filhos dos ricos, principalmente empresários, justamente porque o filho do pobre não tem recursos para se preparar, para o Enem, frequentando colégios particulares e fazendo cursinhos caros.

Por fim, nos últimos anos tem sido impressionante o número de novas faculdades e de novos cursos privados, inclusive, à distância e semipresencial. Para Cajazeiras mesmo sendo privados, foi muito bom, pois se transformou em uma cidade universitária, atraindo estudantes de todos os recantos do País, movimentando a economia, gerando emprego e renda. Como o governo diz que não tem condições de atender a demanda, abrindo novas universidades, fazer o que?

Desencantado

Na sua passagem por Cajazeiras, o filho do ex-prefeito Zerinho, Arlan Rodrigues, que em algumas ocasiões teve seu nome cogitado para disputar cargos eletivos, disse que teve pretensões de ingressar na política, no entanto, ele reconhece que o atual cenário não o atrai. “Eu sou dá época em a política era feita com paixão. As pessoas defendiam uma bandeira e os políticos trabalhavam em prol da sociedade” desabafou. Ele classificou a atual situação como algo sem precedente, ou seja, de como as coisas funcionam. Finalizando Arlan Rodrigues disse que não tem mais a ambição pela política que já teve e pontuou: “Me desencantei um pouco com o ambiente político”, disse.

Rápidas

*A ausência de Carlos Antonio e Denise na solenidade de entrega dos títulos de cidadania cajazeirense a Maura Sobreira e Emmanuelle Lira na Câmara Municipal serviu para reafirmar a divisão dentro do grupo do governador Ricardo Coutinho, em Cajazeiras. E vem de longe.

*Porque será que muita gente não acredita que Delzinho vai mesmo assumir a presidência da Câmara Municipal em fevereiro de 2019.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Professora cajazeirense que milita em Sousa fala de desafios, manda recado e chora ao relembrar do filho

FOI ABANDONADA

VÍDEO: Mototaxista recupera moto que foi roubada em Cajazeiras e dá detalhes de como o crime aconteceu

AÇÃO NA JUSTIÇA

VÍDEO: Prefeita de Joca Claudino diz que está trabalhando para resolver situação de salários atrasados

DIA DOS PROFESSORES

VÍDEO: Professora de Patos relata prazeres e desafios da profissão: “Sou professora com muito orgulho´”

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br