header top bar

section content

Hospital de Cajazeiras é contemplado com mais de R$ 60 mil pelo Ministério da Saúde

O HU Júlio Maria Bandeira de Mello recebeu r$ 65.370,00. O Alcides Carneiro em CG, cerca de R$ 890,5 mil.

Por Luzia de Sousa

13/08/2016 às 06h12 • atualizado em 12/08/2016 às 18h19

Concurso público do HUJB de Cajazeiras é prorrogado

O Ministério da Saúde divulgou hoje (12) que os três hospitais universitários da Paraíba (em JP, CG e Cajazeiras) receberam, no fim de julho, R$ 2,4 milhões para ao custeio dos serviços ambulatoriais e de internação. As unidades de ensino prestam atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.

O novo montante repassado integra o Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade (Teto MAC), principal rubrica de custeio do Ministério da Saúde, repassada de forma automática e regular.

O Teto MAC é o responsável pelo pagamento de procedimentos como consultas, exames, internações e cirurgias. Os valores repassados correspondem à sétima parcela de pagamento do ano a esses estabelecimentos. O HU Júlio Maria Bandeira de Mello recebeu r$ 65.370,00. O Alcides Carneiro em CG, cerca de R$ 890,5 mil. E o HU Lauro Wanderley R$ 1,5 milhão.

Além do Teto MAC aos hospitais universitários, o Ministério da Saúde afirmou que continua destinando aportes financeiros por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF).

Neste ano, já foram mais de R$ 230 milhões. Estados e municípios também podem empregar recursos próprios para custear os procedimentos, assim como as universidades gestoras de cada unidade de ensino.

HUJB

DIÁRIO DO SERTÃO com Laerte Cerqueira

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco