header top bar

section content

DNOCS-PB vai beneficiar 36 cidades com sistema simplificado de abastecimento

Um montante de R$ 4 milhões será investido somente nesta ação conjunta entre o DNOCS da Paraíba e o senador José Maranhão (PMDB).

Por Priscila Belmont

30/03/2017 às 16h22 • atualizado em 30/03/2017 às 16h33

Coordenador do DNOCS na Paraíba, Alberto Batista.

O Departamento Nacional de Obras contra Seca na Paraíba (DNOCS-PB), através de articulação do senador José Maranhão (PMDB), vai contemplar dezenas de cidades paraibanas com o sistema simplificado de abastecimento. O objetivo é auxiliar as cidades a enfrentar o período de estiagem prolongada que assola o semiárido nordestino há seis anos.

Os sistemas simplificados de abastecimento compreendem poço, cata-vento, uma pequena adutora, caixas d’água e chafariz com três saídas para atender as comunidades rurais. Um montante de R$ 4 milhões será investido somente nesta ação conjunta entre o DNOCS da Paraíba e o senador José Maranhão (PMDB)

As cidades a serem atendidas são: Cacimba de Dentro, Damião, Picuí, Baraúna, Pedra Lavrada, Soledade, Juazeirinho, Santa Luzia, Taperoá, São José dos Ramos, Mogeiro, Salgado de São Félix, Teixeira, Prata, Serra Branca, Sumé, Nativa, Barra de São Miguel, Monte Horebe, Gurinhém, Fagundes, São Bento, São José do Brejo do Cruz, Belém, Caiçara, São José do Bonfim, Areia, Coremas, Tacima, São João do Cariri, Emas, Monteiro, Nova Olinda, Jacaraú, Guarabira, Belém, Piancó, Livramento, São José de Piranhas, Parari, Bananeiras e Cubati.

Secom

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’