header top bar

section content

Em Sousa, Promotor de Justiça arquiva denúncia sobre irregularidades na UPA na gestão Tyrone

Para o MPPB, não há comprovação de ato de Improbidade Administrativa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

11/09/2018 às 08h22 • atualizado em 11/09/2018 às 08h28

Hamilton de Sousa Neves, promotor de justiça (foto: Diário do Sertão)

A Promotoria de Justiça de Sousa, através do Promotor Hamilton Neves Filho, arquivou denúncia contra a gestão municipal do Prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB). Trata-se de inquérito Civil público instaurado para apurar possíveis irregularidades da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Conforme o promotor de justiça, foram efetuadas inspeções por membros do MPPB, com averiguação de documentos como demonstrativo de situação da obra, relatório técnico da unidade, documentação completa dos pagamentos efetuados a empresa que realizou a obra, portarias emitidas pelo Ministério da Saúde, entre outras.

De acordo com o documento, foi deflagrada no ano de 2013, quando o objeto central se deu em razão do desgoverno da gestão anterior com a UPA, situação contornada pela atual administração A UPA foi concluída e encontra-se em pleno funcionamento, inclusive, com repasse de verbas do Ministério da Saúde.

Para o MPPB, não há comprovação de ato de Improbidade Administrativa, ou lesão aos direitos tutelares ou de imoralidade administrativa. Não se verifica provas de indícios de que houve prejuízo ou desvio de recursos públicos.

Promotor arquivou denúncia

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras