header top bar

section content

Mais uma criança é diagnosticada com meningite na região de Cajazeiras e é transferida para UTI de Patos

Após a realização dos exames no HUJB a criança de nove anos foi diagnosticada com meningite pneumocócica e foi transferida para a UTI de Patos

Por Henrique Nogueira

20/02/2020 às 11h08 • atualizado em 20/02/2020 às 11h16

Hospital Universitário Júlio Bandeira em Cajazeiras, referência para atendimento pediátrico. Foto: Matheus Rolim/Diário do Sertão

Uma criança de nove anos de idade natural da cidade de São José de Piranhas deu entrada no Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB) de Cajazeiras nesta terça-feira (18) com suspeita de meningite bacteriana, o tipo mais grave da doença, e na tarde desta quarta-feira (19) foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Infantil de Patos.

Ao Diário do Sertão a superintendente do HUJB, Mônica Paulino disse que a criança deu entrada no hospital com quadro clínico de febre, dor de cabeça, vômito, sonolência e desorientação, por causa da gravidade dos sintomas foram realizados exames para diagnosticar a doença.

Após a realização dos exames no HUJB, a equipe médica descartou que a criança estivesse com meningite meningocócica (causada pelo agente bacteriano Neisseria meningitidis, um tipo mais grave da doença) e em seguida a criança foi transferida para a UTI de Patos com o diagnóstico de meningite pneumocócica (causada pelo agente bacteriano Streptococcus pneumoniae, responsável por provocar doenças como meningite, pneumonia bacteriana e dor de ouvido).

A criança mora em São José de Piranhas, na região de Cajazeiras e está internada na UTI do Hospital Infantil da cidade de Patos. De acordo com a superintendente do HUJB, o quadro clínico é estável.

VEJA MAIS:

O QUE É MENINGITE?

De acordo com o Ministério da Saúde, a meningite é uma inflamação das meninges, membrandas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave.

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação.

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno e das virais na primavera-verão.

PRIMEIRA MORTE CAUSADA PELA MENINGITE

Uma criança de 8 anos de idade faleceu às 14h desta quarta-feira (19), no Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), em Cajazeiras, vítima de meningite.

De acordo com informações repassadas ao Diário do Sertão pelo pai, a pequena Ana Caroline Pereira Dias foi internada no HUJB no dia 13 deste mês.

Já a superintendente do hospital, Mônica Paulino, confirmou ao Diário do Sertão que a criança deu entrada com meningite, que seu estado era grave e que ela já apresentava quadro de morte cerebral há alguns dias. Ana Caroline residia com os pais em Cachoeira dos Índios.

DIÁRIO DO SERTÃO

CRISTOLOGIA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco fala sobre Jesus Cristo na ótica da história e da teologia

NA TV DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: As últimas notícias da região de Sousa na política e na área da saúde com Levi Dantas

CRISTO COMO EXEMPLO

VÍDEO: Em mensagem de Semana Santa, padre pede solidariedade às dores do mundo neste momento de pandemia

DIA DO JORNALISTA

VÍDEO: Premiado jornalista lamenta ataques de Bolsonaro a colegas da imprensa: “Não acredito em mudança”

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!