header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Homem é atropelado na BR 230, foge do hospital e é encontrado dormindo na rua

O pedestre foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Regional de Cajazeiras

Por

26/10/2015 às 09h57

Samu realizando atendimento à vítima ainda no local do acidente (Fotos: Ângelo Lima)

O popular Eliézio da Silva Rolim, de 37 anos, foi atropelado por uma motocicleta no inicio da noite do sábado (24)  na BR 230 próximo ao posto fiscal na cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações de testemunhas, um motoqueiro não identificado realizou uma manobra na pista e acabou colidindo contra a vítima. Com o impacto, Eliézio bateu a cabeça contra o solo. O condutor da moto sofreu ferimentos e foi socorrido por populares para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

O pedestre foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o HRC onde permanece internado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e está investigando o que causou o atropelamento.

Fugiu do hospital
De acordo com a assessoria do hospital o paciente deu entrada por volta das 18:30h do sábado (24) ele estava bem ficou em observação, porém na madrugada ele ficou nervoso e agressivo e se evadiu do hospital sem receber alta médica.

Na manhã do domingo (25) moradores o encontraram dormindo na rua e levaram novamente para o Hospital. Ele foi atendido e já recebeu alta do médico, mas o hospital está aguardando a presença da família no HRC para leva-lo para casa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens