header top bar

section content

VÍDEO: Retorno das aulas presenciais depende de estabilidade de transmissão do Covid, diz secretário

"Precisamos que os pais dos alunos troquem festa, bar e restaurante, por começar o ano letivo, um pedaço das atividades das crianças, sendo presenciais", afirma Daniel Beltrami.

Por Juliana Santos

03/12/2020 às 18h09 • atualizado em 03/12/2020 às 21h21

Em entrevista ao programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, nesta quarta feira (2), o secretário executivo de saúde da Paraíba, Daniel Beltrami, falou sobre o retorno das aulas presencias no período de pandemia, que o Estado e o país, ainda enfrentam.

Na Paraíba, atualmente tem 975 mil matriculas ativas, 80% delas são de escolas públicas das redes municipal e estadual.

De acordo com o secretário, o estado está tentando manter a estabilidade de infecção do vírus da Covid-19 e para isso é preciso que a população abra mão de atividades sociais para que ocorra a volta as aulas presencias dos alunos. “Precisamos que os pais dos alunos troquem festa, bar e restaurante por começar o ano letivo, um pedaço das atividades das crianças, sendo presenciais”, afirmou Beltrami.

VEJA TAMBÉM 

MEC determina volta às aulas presenciais a partir de janeiro

Ainda de acordo com o Daniel, durante a pesquisa ‘Continuar Cuidando Observatório da Covid-19’ mais de 5 mil pessoas fizeram o teste da Covid-19 a até esse início de dezembro deve chegar a 10 mil testes realizados. “Por meio dessa pesquisa vamos conseguir saber como o vírus chegou até as pessoas, se paramos de piorar a pandemia, vamos poder usar essas informações para cuidar do que é muito prioritário, como a retomada das aulas presenciais”, afirmou o secretário.

São mais de 160 mil paraibanos que residem como crianças de 0 a 17 anos, e essas pessoas com mais de 60 anos tem problemas de saúde, como pressão alta e diabetes. “Mas se conseguirmos dar uma reduzida na transmissibilidade do vírus é possível organizar novas atividades rotineiras educacionais”, detalhou.

DIÁRIO DO SERTÃO

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

VAMOS AJUDAR

VIDEO: Dona de casa chora ao fazer apelo por comida e medicações em Cajazeiras: ‘Tenho dois filhos’

NOS BRAÇOS DO POVO

VÍDEO: Vereador da região de Sousa que tomou posse dentro da prisão é recebido com festa pela população

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!