header top bar

section content

Imagem forte: Jovem é assassinado no Sertão com vários tiros; Ele estava na calçada de sua casa. Foto!

O jovem de 17 anos foi atingido no tórax, costas e abdômen e morreu no local. De acordo com informações de vizinhos, a vítima estava sendo ameaçada.

Por

29/09/2015 às 06h53

Anderson Bernardino tinha 17 anos de idade

O jovem Anderson Bernardino de Araújo, 17 anos, conhecido por Andinho foi assassinado nessa segunda-feira (28), com vários tiros quando estava na calçada da Rua Pedro Moura, próximo ao Cemitério São Judas Tadeu, em Patos

Anderson foi atingido no tórax, costas e abdômen e morreu no local. De acordo com informações de vizinhos, a vítima estava sendo ameaçada. A Polícia Militar já tem noem do suspeito, mas não divulgou para não atrapalhar as investigações.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi deslocado, porém, por falta de segurança e devido a ausência da Polícia Militar a ambulância teve que se afastar, no entanto, se verificou que a vítima estava morta.

*Imagens Fortes: Mais um jovem é morto a tiros no Sertão da Paraíba. Vídeo!

O médico do SAMU disse a ausência da Polícia Militar causou insegurança para a equipe de socorro, pois o local contava com uma multidão ao redor do corpo. “A equipe chegar antes da Polícia Militar é ruim para dar segurança em todos os sentidos. Nós já presenciamos casos do assassino estar no local e quando começamos a socorrer foi terminada a execução pelo homicida colocando em risco a todos”, relatou o médico.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patos Online

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretária de Cajazeiras revela que lixão começou a funcionar irregular na cidade e falou de ação no MPF

JÁ GANHOU NOVE MEDALHAS

VÍDEO: Garotinho campeão de karatê vende trufas em Cajazeiras para participar do Mundial em Fortaleza

COBRANÇA

VÍDEO: Radialista diz que oposição deixa o prefeito de Sousa ‘à vontade para cometer irregularidades’

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”