header top bar

section content

VÍDEO: Reitor da UFCG descarta possibilidade de construção do HU Sertão e diz que Cajazeiras poderá perder HUJB e curso de Medicina

Antônio Fernandes disse que a UFCG corre o risco de perder o HUJB e consequentemente o curso de Medicina no campus Cajazeiras por falta de investimentos no hospital escola

Por José Dias Neto

25/03/2021 às 22h39 • atualizado em 25/03/2021 às 23h58

Em sua primeira visita oficial à Cajazeiras, o reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Antônio Fernandes, durante quase duas horas, respondeu questionamentos da imprensa sertaneja em uma coletiva, que ocorreu no auditório do Centro de Formação de Professores (CFP) da campus Cajazeiras na manhã desta quinta-feira (25).

Antônio Fernandes falou sobre temas polêmicos envolvendo a UFCG. Sobre a luta em torno do novo Hospital Universitário (HU) do Sertão, o reitor disse que no momento as forças devem ser concentradas em torno do HU que a cidade dispõe, pois a unidade corre o risco de fechar.

VEJA MAIS

VÍDEO: ‘Possibilidade de construção do novo Hospital Universitário do Sertão é inviável’, afirma Ebserh

‘’Se antes lutávamos pra ter mais um hospital, agora podemos perder o único que temos. É um problema muito sério, há uma recomendação interna recomendando a devolução do hospital. Com esse quadro de horror e sabendo que o hospital não consegue sequer, por conta dos valores contratualizados pelas prefeituras, pelo SUS, para este hospital ser insuficiente para sua manutenção. O hospital recebe no máximo R$ 800 mil, vai aumentar agora, mas ainda é menos da metade dos R$ 4 milhões que o HUJB gasta com custeio e servidores’’, disse.

Hospital Universitário Júlio Bandeira em Cajazeiras, referência para atendimento pediátrico (Foto: Matheus Rolim/Diário do Sertão)

O professor disse que recebeu a situação do HUJB como uma bomba em suas mãos.

‘’Com essa bomba na mão. Foi a primeira coisa que eu soube e fui até Brasília, no Ministério da Educação e Ebserh [Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares] e levei a proposta do Hospital Júlio Bandeira, elaborada com professores da UFCG de Cajazeiras’’, afirmou.

AUDITORIA

Durante o ano de 2021, a gestão do HUJB será acompanhada por uma auditoria liderada pela Controladoria Geral da União (CGU), pois supostas irregularidades foram detectadas pela Ebserh.

“O HUJB não dispõe do número mínimo de leitos para ser hospital escola. Para ser hospital escola, nós precisamos no mínimo de 80 leitos e o que isso significa? Qual o risco? Perda da autorização de funcionamento do curso de medicina em que o hospital é campo de prática’’, ponderou.

Maquete digital do Hospital Universitário do Sertão. (Foto: Reprodução da internet)

Atualmente, o Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB) conta com 30 leitos. Com a atual proposta de investimento maciço no hospital existente, o HUJB ganharia 100 leitos e se tornaria referência como um hospital de ensino.

“O sonho do HU Sertão toma uma dimensão mais real. Um hospital de 100 leitos é do tamanho do Hospital Regional e é compatível com os cursos que nós temos’’, disse.

Otacílio Ribeiro, Alexandre Costa, Antônio Fernandes, Raimundo Júnior e Rubismar Galvão, líderes do Comitê Pró-HU Sertão

PERDER MEDICINA?

Segundo o reitor, além do eminente risco de perder o hospital, o campus da UFCG pode perder o curso de medicina, conquistado no ano de 2007.

“Nós não podemos perder é a oportunidade de ter garantido o hospital que está correndo o risco de fechar, com implicações de fechamento de um curso que lutamos tanto pra conseguir e que não poremos abrir mão. Não podemos abrir mão’’, garantiu.

FALTA DE APOIO

O reitor aproveitou a coletiva para lamentar que as lutas por melhorias na saúde não sejam ‘abraçadas’ por alguns prefeitos da região de Cajazeiras.

‘’Agora a gente tá tendo apoio de todo mundo. Eu não me senti mas só, junto com o Comitê [Pró HU Sertão], porque foi assim que a gente ficou durante todo esse tempo. Até de gestores municipais, que não quero citar o nome, mas muita vezes o apoio é só de boca’’, afirmou.

DIÁRIO DO SERTÃO

NA PARAÍBA

VÍDEO: Governador fala da vacinação e do pedido de reforço na quantidade de doses ao Ministério da Saúde

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Radialista fala de julgamento no TSE que pode recolocar Allan Seixas como prefeito de Cachoeira

SORRISO NO ROSTO

VÍDEO: Mulher abandonada com os filhos pelo marido recebe ajuda em alimentos e agradece à campanha

FECHADO

VÍDEO: Diretor de fiscalização do CRM revela motivos que levaram à interdição do hospital de São João

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!