header top bar

section content

VÍDEO: Após ser acusada de furar a fila de vacinação esposa de vice-prefeito de Sousa faz esclarecimento

O caso repercutiu de forma negativa, após a secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, ter falando em uma rádio, que casos de 'fura-fila' seriam investigados.

Por Juliana Santos

26/03/2021 às 15h54 • atualizado em 26/03/2021 às 16h11

Após ser acusada de ter furado a fila de vacinação contra a Covid-19, a cirurgiã dentista, Yohana Silveira, esposa do vice-prefeito de Sousa, Zenildo Rodrigues (PTB), publicou um vídeo nas redes sociais justificando o motivo dela ter sido imunizada. O caso repercutiu de forma negativa, após a secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, ter falando em uma rádio, que casos de ‘fura-fila’ seriam investigados.

No vídeo Yohana confirmou que tomou as duas doses da vacina, a primeira, quando estava permitido a profissionais de saúde tomarem o imunizante, e no momento mesmo não sendo permitido que dentistas tomem a vacina, ela estaria na lista de tomar a segunda dose. “Devido a escassez da vacina foi dada uma pausa na vacinação dos profissionais de saúde, e está sendo priorizado outro grupo, porém quando tomei a primeira dose da vacina estava sim permitido vacinar cirurgiões dentistas da rede pública e privada, e pela lógica tivemos que tomar a segunda dose”, explicou.

VEJA TAMBÉM

Reitor da UFCG descarta possibilidade de construção do HU Sertão e diz que Cajazeiras poderá perder HUJB e curso de Medicina

A polêmica ocorreu na redes sociais de Yohana, na última quarta-feira (24), depois que ela postou duas fotos em que registram ela sendo imunizada pelas duas doses. No registro fotográfico da postagem, aparece também a enfermeira Andressa Priscila Dantas de Andrade, Coordenadora de Estratégia do Programa Saúde da Família da Prefeitura de Municipal de Sousa, aplicando as doses no interior da sala de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Sousa.

Yohana Silveira tomou as duas dose da vacina contra Covid-19. (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Em uma entrevista ao programa Cidade Notícia da Líder FM, os radialistas questionaram sobre a vacinação da dentista ao secretário de saúde, Geraldo Medeiros, que respondeu prontamente que a atitude poderia ser passível de investigação. “Existe uma demanda judicial vigente e esse tipo de atitude de fura-fila ela é passível de penalidade e o Ministério Público está vigilante”, detalhou Medeiros.

A dentista Yohana Silveira comentou sobre a entrevista do secretário sobre as penalidades de quem furar a fila na vacinação contra Covid-19. “Um jornalista questionou o secretário se cirurgiões dentistas poderiam tomar a vacina. Prontamente ele falou que não, porque de fato, no momento não está permitido, estão sendo vacinados outros grupos. Mas quando tomei a primeira dose estava permitido sim, não só eu como também outros profissionais da nossa cidade”, esclareceu.

DIÁRIO DO SERTÃO

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: Governador diz que as negociações da chapa ‘estão caminhando bem’, mas ainda sem data de anúncio

LUTO EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Políticos lamentam as mortes do ex-vereador Severino Dantas e da empresária Jane da Levina

LUTO E RESPEITO

VÍDEO: Ricardo Coutinho diz que avisou a Lula sobre morte do ex-vereador Severino Dantas em Cajazeiras

JUSTIÇA ELEITORAL

VÍDEO: Quem perdeu o prazo da emissão do título pode votar em 2022? Advogado esclarece dúvida frequente

Recomendado pelo Google: