header top bar

section content

No Sertão: Depois de matar criança de 11 anos, homem é preso acusado de tentar matar ex-mulher. CONFIRA!

Desde sábado (25), que a mulher estava sendo ameaçado pelo acusado por não querer mais reatar o casamento, mas foi preso pela Polícia Civil da Paraíba

Por

28/07/2015 às 16h27

Ele cumpriu 12 anos no presídio de Catolé do Rocha e depois foi preso ainda por furto em 2012

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial (GTE), de Pombal prendeu nessa segunda-feira (27), Edinaldo Antônio da Silva, chamado "Boró", de 41 anos acusado de ameaçar matar a ex-mulher, além de botar fogo na casa dela. 

Desde sábado (25), que a mulher estava sendo ameaçado pelo acusado por não querer mais reatar o casamento.

A prisão se tornou uma prioridade para os agentes da Polícia Civil, pois "Boró" já cumpriu pena por estupro e homicídio de uma criança de 11 anos em Brejo dos Santos (PB), em julho de 2000. 

Ele cumpriu 12 anos no presídio de Catolé do Rocha e depois foi preso ainda por furto em 2012. 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Colunista comenta por que Rodrigo Maia se tornou o ‘queridinho’ de Bolsonaro e de deputados da PB