header top bar

section content

Menina de seis anos morre após cair do sexto andar de edifício por fosso de elevador no Sertão da PB

A criança ainda foi socorrida para o Hospital Infantil Noaldo Leite com vida, porém, minutos depois veio a óbito devido à gravidade dos ferimentos. Confira!

Por

30/04/2015 às 18h31

Fato ocorreu em edifício localizado no Bairro Brasília, em Patos (Crédito: Patosonline)

Uma criança de apenas seis anos morreu no final da tarde desta quarta-feira (29), após despencar do cair do sexto andar de um prédio residencial pelo fosso do elevador, no município de Patos, no Sertão paraibano. A menina foi identificada pelo nome de Sofia de Macedo Gadelha Miranda. 

De acordo com informações de um dos moradores do prédio, que prestou socorro a criança, a menina Sofia e outra criança apertaram o botão de chamamento do elevador, mas quando a porta se abriu o equipamento não estava. Uma criança que estava com ela percebeu o fato, no entanto, Sofia entrou e despencou do sexto andar.

Os moradores acionaram o vigilante do prédio para abrir a porta do elevador. A pequena Sofia foi encontrada com uma lesão profunda na cabeça, mas ainda com vida. O morador ainda pegou a criança nos braços e outros acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A criança ainda foi socorrida para o Hospital Infantil Noaldo Leite com vida, porém, minutos depois veio a óbito devido à gravidade dos ferimentos.

O síndico do prédio informou que o elevador do prédio foi devidamente interditado para a apuração das causas da falha. 

DIÁRIO DO SERTÃO com Patos Online

Tags:
PROBLEMA GRAVE

VÍDEO: No Xeque-Mate, voluntários debatem sobre maus tratos e abandono de animais em Cajazeiras

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde