header top bar

section content

EXCLUSIVO: Radialista de Cajazeiras recebe ameaças por áudios e vídeos e diz que vai responder na bala

F. Dunga relata que recebeu várias ligações de bandidos que afirmam terem sido encomendados por uma facção criminosa para matá-lo pelo valor de R$ 10 mil

Por Diário do Sertão

09/05/2022 às 20h54 • atualizado em 09/05/2022 às 21h12

O radialista Francisco Félix, mais conhecido na região de Cajazeiras como F. Dunga, procurou a reportagem da TV Diário do Sertão, nesta segunda-feira (09), para denunciar que ele está recebendo ameaças de morte por telefone de pessoas que se dizem ligadas a uma facção criminosa.

F. Dunga relata que na semana passada recebeu várias ligações de bandidos que afirmam terem sido encomendados por uma facção para matá-lo pelo valor de R$ 10 mil.

Em uma das ligações, o criminoso exige que F. Dunga complete o que falta para a quantia de R$ 10 mil que teriam recebido para executar o radialista, mas que foi sem sucesso a ação.

Segundo o suposto matador que fala na ligação, parte do dinheiro foi gasto com drogas e a missão não foi finalizada, por isso F. Dunga deve completar a quantia para não ser morto.

Homem mostra arma enquanto ameaça F. Dunga

F. Dunga também recebeu dois vídeos de jovens armados fazendo as ameaças. O radialista já acionou a Polícia Civil para investigar o caso.

“Os inimigos que tenho foram dessa época do atentado. Não é descartada a questão de uma encomenda pela minha morte, como também pode ser um golpe. Mas também não é descartada uma ligação com aquela facção que tentou me matar no ano de 2012”, conjecturou o radialista.

F. Dunga já sofreu um atentado a bala em 2012. Na época, ele atribuiu o crime a uma tentativa de calar sua voz, já que ele é repórter de rádio na área policial.

“Primeiro eu queria saber por que matar. Qual o mal que eu fiz? Eu tenho exercido meu papel na imprensa com a informação, a divulgação de fatos, às vezes eu entro até numa área investigativa e tenho feito o papel de esclarecer pra sociedade. E um ponto que tenho batido mais é a questão da droga, e quando se bate na questão do tráfico de droga, dá prejuízo a bandido. E quando se dá prejuízo a bandido, ele fica com raiva. E bandido com raiva não quer saber a pessoa de bem que você é, quer saber se elimina aquela pessoa que está causando prejuízo na fonte de renda do criminoso que trabalha com tráfico de drogas”, disse o radialista.

DIÁRIO DO SERTÃO

VEREADORES

VÍDEO: Em lados opostos, Bruna Veras e Denis Formiga concordam que DAESA é o maior ‘gargalo’ de Sousa”

SOBRE BOLSONARO

VÍDEO: “Estamos enfrentando um adversário que representa o antiamor, a antipaz”, diz Lula em discurso

EM SOUSA

VÍDEO: Governo do Estado entrega equipamentos ao HRS e ex-secretário comenta sobre polêmica do tomógrafo

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Casal Cleo Moura e Adailson Soares agitam o Show Diário com muito forró em clima de São João

Recomendado pelo Google: