header top bar

section content

Imagens fortes: Radialista do Sertão é perseguido e morto ao sair do trabalho

O acusado foragiu do local e ainda não foi identificado.

Por

27/02/2015 às 17h29

O radialista da cidade de Patos, Sertão do Estado, Ivanildo Viana foi assassinado nesta sexta-feira (27), na BR 230, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bayeux.

De acordo com informações da polícia, o radialista foi perseguido após sair do trabalho e foi assassinado com um tiro nas costas quando se deslocava de Santa Rita para João Pessoa numa motocicleta.

O comunicador trabalhava na rádio 100.5, FM Líder de Santa Rita. Testemunhas disseram que o radialista foi abordado por outro motoqueiro, que disparou vários tiros contra ele.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas Ivanildo já estava morto. O acusado foragiu do local e ainda não foi identificado. 

Segundo o tenente-coronel Júlio César, que esteve no local, a polícia não sabe se o crime foi um homicídio ou um latrocínio.

Quem era?
Ivanildo Viana tinha mais de 20 anos de experiência no meio radiofônico. Já atuou nas rádios Correio AM, 98 FM, 103 FM o Norte, todas na Capital paraibana, e atualmente na 100.5 A FM Líder. Foi editor Geral do Jornal Moçada que Agita – 1994  a 1996; Editor do Correio Jovem Suplemento do Jornal Correio da Paraíba 1996  a  1998.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patos Online

Tags:
RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado