header top bar

section content

Após anúncio no Face: Cajazeirense grávida de três meses ingere veneno e morre no HRC

Ainda segundo testemunhas, recentemente a jovem havia discutido com o namorado, porque ele não queria assumir a paternidade

Por

20/02/2015 às 13h00

A cajazeirense Rosinha Soares, de 19 anos, morreu vítima de envenenamento na madrugada desta quinta-feira (19) após passar alguns dias internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC). 

De acordo com informações de testemunhas, Rosinha estava no terceiro mês de gavidez e teria ingerido veneno de rato, foi socorrida até o hospital, mas acabou não resistindo e foi a óbito.

O sepultamento foi realizado nessa quinta-feira (19), no cemitério Nossa Senhora de Aparecida, Zona Leste de Cajazeiras. Rosinha morava no sítio Bé, zona rural de Cajazeiras e estava grávida de três meses. 

Segundo informações, a jovem era solteira e não aceitava a gravidez, por esse motivo resolveu se suicidar. De acordo com uma vizinha de Rosinha a moça estava grávida de um "ficante".

Recentemente, Rosinha publicou em sua página pessoal no Facebook que estava muito triste, em seguida ela postou uma mensagem dizendo que a fé e a esperança tinham acabado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco