header top bar

section content

Polícia Civil prende acusados de homicídio na zona rural de Aparecida; eles já estão na Colônia Penal

Os dois respondem pela morte do jovem José Rodrigo da Silva, o qual foi assassinado com requintes de crueldade em março deste ano.

Por

09/05/2011 às 16h27

Policiais civis das delegacias distritais da cidade de Sousa prenderam no início da tarde desta segunda-feira (9) dois homens acusados de um crime de morte ocorrido na madrugada do último dia 30 de março no Sítio Várzea do Cantinho, município de Aparecida.

Em poder de mandados de prisão da 1ª Vara da comarca de Sousa, por volta das 14h00 os agentes conduziram a Colônia Penal de Sousa, Francisco Danilo de Oliveira e Maurício Alves da Silva, conhecido como “Nega Bateu”.

Os dois respondem pela morte do jovem José Rodrigo da Silva. Ele tinha 23 anos de idade e foi assassinado com requintes de crueldade. Segundo o inquérito policial, Rodrigo teve a cabeça esmagada com barras de ferro enquanto dormia na casa de uma tia e o corpo jogado em um cacimbão.

Além de Danilo e “Nego Bateu”, José Irismar Alves, apelidado de Nenem também responde pelo homicídio.

DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas