header top bar

section content

Polícia Civil prende acusados de homicídio na zona rural de Aparecida; eles já estão na Colônia Penal

Os dois respondem pela morte do jovem José Rodrigo da Silva, o qual foi assassinado com requintes de crueldade em março deste ano.

Por

09/05/2011 às 16h27

Policiais civis das delegacias distritais da cidade de Sousa prenderam no início da tarde desta segunda-feira (9) dois homens acusados de um crime de morte ocorrido na madrugada do último dia 30 de março no Sítio Várzea do Cantinho, município de Aparecida.

Em poder de mandados de prisão da 1ª Vara da comarca de Sousa, por volta das 14h00 os agentes conduziram a Colônia Penal de Sousa, Francisco Danilo de Oliveira e Maurício Alves da Silva, conhecido como “Nega Bateu”.

Os dois respondem pela morte do jovem José Rodrigo da Silva. Ele tinha 23 anos de idade e foi assassinado com requintes de crueldade. Segundo o inquérito policial, Rodrigo teve a cabeça esmagada com barras de ferro enquanto dormia na casa de uma tia e o corpo jogado em um cacimbão.

Além de Danilo e “Nego Bateu”, José Irismar Alves, apelidado de Nenem também responde pelo homicídio.

DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa

Tags:

Recomendado para você pelo google

LIBERA OU NÃO?

VÍDEO: Atlético de Cajazeiras aguarda laudo dos bombeiros e liberação do estádio para o Paraibano 2020

CULTURA

VÍDEO: memorialista que tem 84 exposições de Luiz Gonzaga fala da história do “Rei do Baião”

CADÊ A LUZ?

VÍDEO: morador denuncia escuridão em rua de Cajazeiras e secretário da prefeitura diz que vai resolver

NOVAS OBRAS

VÍDEO: Governador diz que pretende iniciar em 2021 a construção de importante estrada no Vale do Piancó