header top bar

section content

Acusado de assassinar Júnior Batera será julgado pelo TJ da Paraíba

Junior Batera que era membro da Paróquia São João Bosco, foi assassinado brutalmente em seu estabelecimento comercial no dia 27 de agosto de 2008.

Por

20/01/2010 às 21h59

src=http://lh4.ggpht.com/flashcajazeiras/SLXnWNL6WsI/AAAAAAAABDY/xDrRUN3SpE4/s400/Junior03.JPGO Tribunal de Justiça da Paraíba adiou o julgamento para esta terça-feira, 26,  em sessão da Câmara Criminal, o recurso em sentido estrito do processo em que Luciano Lima é acusado de homicídio qualificado pela morte de Júnior Batera (foto).

Uma vez mantida a decisão do juíz Djacir Soares, o réu irá à júri popular, e este deverá ser julgado pelo Conselho de Sentença de Cajazeiras.

Entenda o caso
José Francisco de Oliveira Júnior (Junior Batera) que era membro da Paróquia São João Bosco, em Cajazeiras, foi assassinado brutalmente em seu estabelecimento comercial no dia 27 de agosto de 2008.

O homicídio que foi registrado no Bairro São Francisco, Zona Sul de Cajazeiras, foi praticado pelo acusado conhecido por Luciano das Carroças, que matou Junior Batera com dois tiros de revólver, o que causou uma enorme comoção em toda a cidade.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”