header top bar

section content

Dilma confirma que não irá a interrogatório na comissão do impeachment no senado

Ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo irá representar a presidente afastada nesta quarta-feira (6)

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/07/2016 às 15h42 • atualizado em 05/07/2016 às 15h44

Presidente afastada, Dilma Rousseff, confirmou que não irá participar de interrogatório

Em sua conta do Twitter, a presidente afastada, Dilma Rousseff, confirmou que não irá participar de interrogatório na Comissão Especial do Impeachment.

“A minha defesa amanhã (6) será feita por escrito e lida pelo meu advogado. Estamos avaliando a minha ida ao plenário do Senado, em outro momento”, escreveu a presidente.

Já era esperado que a presidente não participasse da sessão desta quarta-feira (6), embora a defesa não houvesse confirmado oficialmente sua ausência.

Dilma falou na sua rede social twitter (Foto: reprodução)

Na manhã desta terça-feira (5) ao chegar à comissão, o presidente do colegiado, Raimundo Lira (PMDB-PB), explicou que, caso a presidente não participe da sessão, sua defesa não poderá responder a perguntas feitas pelos senadores. Caberá ao ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo apenas a leitura de uma mensagem da presidente.

Estadão Conteúdo

Recomendado para você pelo google

RELAÇÃO COM EMPRESÁRIOS

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras não descarta fazer uma reforma tributária e manda recado para ‘algozes’

SERVIÇO MILITAR

VÍDEO: Quase 100 novos atiradores são incorporados ao Tiro de Guerra de Cajazeiras durante solenidade

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras