header top bar

section content

VÍDEO: Padre diz que decreto de Bolsonaro é prestação de contas às empresas de armas que o financiaram

Padre Francivaldo fez um comentário indignado a respeito do decreto assinado pelo presidente do Brasil que facilita o acesso dos cidadãos às armas de fogo

Por Jocivan Pinheiro

18/01/2019 às 14h04 • atualizado em 18/01/2019 às 14h06

Na coluna Direto ao Ponto, Padre Francivaldo fez um comentário indignado a respeito do decreto assinado pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), que facilita o acesso dos cidadãos comuns a armas de fogo.

Na avaliação do padre, o decreto foi uma ‘prestação de contas’ do presidente às empresas que fabricam armas e teriam ‘financiado’ sua campanha.

VEJA TAMBÉMBolsonaro assina decreto que facilita posse de armas

Padre Francivaldo lamenta profundamente o decreto e ressalta que o Brasil é o país que mais mata com armas de fogo no mundo, invertendo assim os ensinamentos da Bíblia em um país majoritariamente cristão. “Onde já se viu usar Deus para matar. Deus é amor, é vida em plenitude”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Capitão da PM conta que vítima de tiros em Cajazeiras fez revelação sobre crime antes de morrer

VÍDEO

No Sertão, Ricardo Coutinho rebate presidente da assembleia e manda recado duro para governador da PB

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana