header top bar

section content

VÍDEO: Após fim do Mais Médicos, cubano que mora em São José de Piranhas busca retomar a profissão

Atualmente Angel Ernesto trabalha em uma farmácia e aguarda edital para o exame Revalida ou então ser chamado para o programa Médicos Pelo Brasil

Por Jocivan Pinheiro

08/04/2020 às 16h54 • atualizado em 08/04/2020 às 17h04

O médico cubano Angel Ernesto, que mora há três anos no município de São José de Piranhas, no Sertão paraibano, aguarda ser chamado pelo Governo Federal para participar do programa Médicos Pelo Brasil e com isso voltar a exercer sua profissão.

Desde que a parceria entre Brasil e Cuba no programa Mais Médicos foi cancelada pelo governo Bolsonaro, Angel Ernesto não conseguiu atuar mais como médico da atenção básica.

Após o cancelamento do contrato entre Brasil e Cuba, o médico chegou a viajar para seu país para resolver questões burocráticas migratórias com o governo e depois retornou a São José de Piranhas, onde é casado com uma paraibana e constituiu família.

Ele ficou desempregado por um tempo e viu a situação financeira da família piorar. Nesse período, teve a ajuda da esposa, que trabalha em uma loja de roupa, para sustentar o lar.

VEJA MAIS: Bolsonaro sanciona lei do Médicos pelo Brasil que substituirá o programa Mais Médicos

Atualmente Angel Ernesto trabalha em uma farmácia e aguarda edital para o exame Revalida ou então ser chamado para o Médicos Pelo Brasil. Porém, ele afirma que houve fraude na primeira chamada, pois teria aparecido nomes de médicos cubanos que estavam fora do Brasil e que já fizeram o Revalida.

“Foi uma fraude, foi uma mentira essa lista, e a gente fica no aguardo e na esperança para voltar a trabalhar e fazer justiça”, disse Angel Ernesto.

DIÁRIO DO SERTÃO

CONQUISTA!

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe assina ordem de serviço para construção do Completo Esportivo Municipal

INIMIGO INVISÍVEL

VÍDEO: Município do Vale do Piancó registra o primeiro caso de coronavírus; secretária conta detalhes

SÓ CRESCE

VÍDEO: Cajazeiras registra mais 11 casos de Covid-19; média nos últimos 5 dias é de 8 casos por dia

PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS

VÍDEO: Táxis, vans e alternativos estão proibidos de entrarem e saírem de Cajazeiras, avisa SCTrans

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!