header top bar

section content

Polícia Civil cumpre mandado de prisão por tráfico de drogas no Sertão

Reginaldo começou a ser investigado pela polícia há uma semana durante uma revista na casa dele.

Por

15/07/2015 às 08h29

Homem é preso em Patos. Confira aqui!

Policiais Civis do Grupo de Operações Especiais (GTE) da cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, cumpriram na tarde desta terça feira (14) o mandado de prisão contra Reginaldo Cosme Pereira, 39 anos, suspeito de tráfico de drogas.

Reginaldo começou a ser investigado pela polícia há uma semana durante uma revista na casa dele, que fica no bairro das Placas, em Patos, quando foram encontradas drogas e alguns objetos que levantaram a suspeita de que o local funcionava como um ponto de venda de entorpecentes. Na hora que a polícia entrou na residência, Reginaldo conseguiu escapar e desde então passou a ser procurado.

Foram vários dias de campana, até que na manhã desta terça-feira os policiais foram mais uma vez até uma casa onde o suspeito teria sido visto. Como ele não foi encontrado, retornaram para a Delegacia, mas a presença constante dos agentes de investigações da Polícia Civil nas localidades por onde o suspeito passava fez com que, sem saída, Reginaldo se apresentasse junto com o seu advogado à Polícia.

Ele foi ouvido e quando estava assinando o depoimento foi preso por força do mandado de prisão preventiva. Reginaldo, que há dez dias saiu da prisão depois de cumprir pena por tráfico de drogas, foi autuado pelo mesmo crime. Ele foi encaminhado para o Presídio Regional de Patos, onde vai aguardar pela sentença da Justiça.

Da secom

Tags:

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio