header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

CASO ISAAC: Cirurgia é cancelada

Garoto cardiopata está em coma com pneumonia aguda

Por

20/08/2008 às 08h40

Essa semana Cajazeiras parecia que dormiria mais aliviada depois das novas notícias a cerca do drama vivido pelo garoto José Isaac de Oliveira, de apenas 5 meses de idade, que desde que nasceu, vem lutando contra uma grave doença cardíaca congênita, sem que sua mãe tenha condições de tratá-lo em hospitais especializadas de outros Estados.

Município
A Secretaria Municipal de Saúde, junto com a 9ª Regional de Saúde de Cajazeiras, já haviam conseguido enviar Isaac para um hospital especializado na grande Recife, onde ele se submeteria a uma cirurgia no coração. Porém, para a angústia de todos que acompanham essa triste luta, a médica pediatra Sheila Azim, do Hospital Português de Recife, constatou, após uma bateria de exames, que o pequeno Isaac apresenta quadro de pneumonia aguda e precisa ser levado para uma UTI com urgência.

Agora a luta contra o tempo é para interná-lo em uma UTI e tentar diminuir os riscos de morte por pneumonia, que, segundo a médica, é cada vez mais iminente, além de possíveis complicações em seus batimentos cardíacos.

Apelo
A tia do garoto Isaac, a doméstica Cícera Oliveira, fez um apelo desesperado e emocionado para que as autoridades ajudem no caso. Se a criança não for internada em UTI’s de Recife, que ela poça pelo menos retornar ao estado da Paraíba, ela pede.

“Estamos todos abalados, em desespero. A mãe de Isaac diz que ele tem muita força e vontade de viver, como se estivesse pedindo socorro. Imagina uma mãe vendo seu filhinho pedindo socorro e ela sem poder fazer nada e a gente sem poder estar ao lado dela. A gente não sabe nem pra onde correr. Está sendo uma luta comprida. Mas eu tenho fé em Deus que a gente vai ver a vitória de José Isaac. A gente faz um apelo pras pessoas que têm bom coração, pra dar um jeito de conseguir uma UTI pro bebê, porque isso seria o suficiente pra gente se acalmar mais um pouco.”, disse Cícera Oliveira.

José Isaac e sua mãe continuam na capital pernambucana, à espera de vaga em alguma UTI da cidade. Até lá, a população cajazeirense sofre com esse drama que já dura mais de 3 meses e mobiliza imprensa e personalidades públicas da cidade.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”