header top bar

section content

Cansadas de esperar, grupo de idosas retira lixo de açude no Sertão da Paraíba – VÍDEO!

A primeira visita feita pelo grupo ao açude durou 3 horas e resultou em 50 sacos de lixo com capacidade para 100 litros

Por Jocivan Pinheiro

12/08/2016 às 18h48 • atualizado em 12/08/2016 às 18h51

Um vídeo gravado no Açude de Coremas, no Sertão paraibano, causou repercussão nas redes sociais.  Uma senhora de 71 anos, indignada com o descaso de alguns moradores que jogam lixo nas margens do Açude de Coremas, que está praticamente seco, resolveu limpar o local com ajuda de amigas.

Grupo recolhe lixo no Açude de Coremas

Grupo recolhe lixo no Açude de Coremas

Elas fazem parte de um grupo da Igreja de Santa Rita de Cássia, padroeira de Coremas. Cansadas de esperar pelas autoridades públicas, resolveram agir por conta própria.

“Quando a água chegasse, como é que ela podia ser tratada com esse tanto de lixo que já tinha? Então decidimos começar a agir”, disse dona Auta Maria de Jesus.

VEJA TAMBÉM

» Escola de Cajazeiras diminui horário de aulas e muda merenda por falta d’água

» Maior açude do Sertão da Paraíba está em total colapso, e ANA restringe consumo de água

Já dona Iolanda Silva reclama que os políticos e gestores públicos não se importam com o manancial, por isso são os moradores que devem preservá-lo.

“Os governantes não estão nem aí, porque eles vêm praqui e daqui eles vão embora. Passa um tempo, mas não ficam aqui. A gente continua aqui.”

A primeira visita feita pelo grupo ao açude durou 3 horas e resultou em 50 sacos de lixo com capacidade para 100 litros. O objetivo é chamar a atenção do poder público e conscientizar os visitantes.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco