header top bar

section content

Homem quase morre afogado no Sertão ao consertar sistema de bombeamento em açude de Coremas

O homem acabou prendendo um de seus dedos da mão, na bomba que puxa água do açude quando estava a mais de 2 metros de profundidade

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/07/2017 às 13h58 • atualizado em 22/07/2017 às 13h59

Açude Estevam Marinho em Coremas (Foto: Diário do Sertão / Zildo Vicente)

Um trabalhador que estava fazendo manutenção em um equipamento de bombeamento de água do açude de Coremas, por pouco não morre afogado durante o serviço.

O homem acabou prendendo um de seus dedos da mão, na bomba que puxa água do açude quando estava a mais de 2 metros de profundidade, e acabou se afogando. Desacordado, ele foi socorrido por outros trabalhadores que agiram rápido e conseguiram desprender o dedo dele do equipado e leva-lo para fora do açude.

Apesar do susto, os trabalhadores conseguiram reanimá-lo, e acionaram uma Unidade Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que o conduziu para o hospital da cidade.

DIÁRIO DO SERTÃO

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado