header top bar

section content

7 VÍTIMAS: Após acidente que matou cajazeirense e sousenses, Guanabara volta a utilizar um motorista

Segundo a denúncia, a empresa estaria descumprindo uma ordem da Justiça do Trabalho que a obriga a utilizar dois motoristas entre JP e Cajazeiras

Por Luzia de Sousa

01/02/2018 às 07h41

Empresa não se pronunciou sobre o caso (Foto do acidente em Sousa)

O popular Laércio Arruda Cavalcanti, morador da cidade de Santa Helena, no Sertão da Paraíba reforçou nesta terça-feira (30), a denúncia contra a empresa de transportes Guanabara, feita no começo deste mês pelo do presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, o vereador Marcos Barros de Souza.

SAIBA MAIS!

+ VÍDEO: Vereador denuncia empresa Guanabara por utilizar apenas um motorista de João Pessoa a Cajazeiras

+ Colisão entre carreta e ônibus da Guanabara deixa 7 pessoas mortas e 15 feridas

Segundo a denúncia, a empresa estaria descumprindo uma ordem da Justiça do Trabalho que a obriga a utilizar dois motoristas dividindo a viagem de João Pessoa a Cajazeiras e vice-versa, para dar mais segurança no longo percurso.

Essa ordem foi estabelecida após o trágico acidente de 2012, quando um ônibus da Guanabara colidiu com uma carreta na BR 230, em Sousa, matando sete pessoas e deixando pelo menos 15 feridos. O motorista do ônibus estava fazendo sua segunda viagem nesse trajeto, num intervalo de poucas horas, e provavelmente cochilou no volante.

Laércio contou que viajou às 21 horas desse domingo (27), da cidade de São João do Rio do Peixe com destino à João Pessoa, onde chegou por volta das 5h20min, com duração de mais de 8 horas, e apenas um motorista fez todo percurso.

Ele disse que na volta, nessa segunda-feira (29), repetiu-se a mesma situação. Saiu da capital às 13h com destino a Cajazeiras, e um motorista só conduziu o transporte até a Terra do Padre Rolim.

“Disse ao motorista que ele estava correndo risco de vida, e todos nós também”, lamentou o cliente da Guanabara.

O outro lado
Em contato com a assessoria de imprensa da empresa nessa quarta-feira, esta disse apenas que a Guanabara não se pronunciará sobre o assunto.

Vereador também denunciou a prática da empresa. Assista!

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019

PRATICIDADE NA FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: TCE-PB inaugura espaço digital público para ideias tecnológicas de controle dos atos públicos

GRUPOS SE ENFRENTAM NA 1ª FASE

VÍDEO: Dirigentes do Sertão comentam sorteio do Paraibano 2019. Atlético enfrentará o ‘grupo da morte’

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos