header top bar

section content

Com grave doença, mulher da Região de Cajazeiras pede ajuda para cirurgia que pode salvar sua vida

VÍDEO: A família disponibilizou duas contas para as pessoas depositarem qualquer quantia em dinheiro ou ligar para o telefone (83) 9.9144-0709

Por Luzia de Sousa

05/08/2018 às 18h39 • atualizado em 05/08/2018 às 18h47

Após campanha realizada pelo Portal Diário do Sertão, a dona de casa Maria Andrade da Silva, de 29 anos, que sofre de obesidade mórbida, em entrevista à TV Diário do Sertão contou que vem recebendo ajuda da população.

+ NA REGIÃO DE CAJAZEIRAS: Com quase 200 kg, mulher clama por ajuda e diz que tem medo de morrer: “Eu já não vivo mais”. VEJA VÍDEO!

Medindo 1,56m de altura e pesando 167kg, a dona de casa precisa realizar uma cirurgia de redução de peso no Estado do Paraná. Devido a doença ela é impedida de realizar tarefas domésticas simples em casa tem se tornado um desafio cada vez maior.

Maria reside com a mãe e três filhos em uma casa simples no distrito São José, em Bom Jesus, Alto Sertão paraibano.
Ela disse que já conseguiu o dinheiro para comprar a passagem já está apta a fazer o procedimento cirúrgico, mas ainda precisa de ajuda das pessoas de bons corações.

Maria ao lado da mãe (Foto: Diário do Sertão)

Como ajudar
A família disponibilizou duas contas para as pessoas depositarem qualquer quantia em dinheiro, uma na Caixa Econômica Federal (Agência 0040, Operação 013, Conta 00030910-9) e outra no Bradesco (Agência 1053, Conta 0018129-3). Para outro tipo de ajuda, podem entrar em contato com nossa reportagem pelo telefone (83) 9.9144-0709.

DIÁRIO DO SERTÃO

SHOW AO VIVO

VÍDEO: Banda da cidade de Baixio, no Ceará, agita o programa Balanço Diário com sucessos do forró

PROGRAMA PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Professora e alunos falam sobre a importância da campanha Setembro Amarelo para prevenir suicídio

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico psiquiatra e padre de Cajazeiras debatem sobre causas, efeitos e prevenção ao suicídio

ENTREVISTA

VÍDEO: Pastor declara que católicos e evangélicos do Brasil devem se unir contra partidos de esquerda