header top bar

section content

VÍDEO: Coisas de Cajazeiras traz balanço das eleições com Júnior Araújo e a importância do Outubro Rosa

O deputado estadual eleito contou um pouco da sua trajetória, dos bastidores da campanha e dos projetos para o seu primeiro mandato na Assembleia

Por Christiano Moura

12/10/2018 às 11h17 • atualizado em 16/10/2018 às 18h50

O terceiro episódio da primeira temporada do programa Coisas de Cajazeiras, apresentado pelo jornalista Christiano Moura, foi ao ar na noite da terça-feira (9), na TV Diário do Sertão, trazendo um balanço das eleições no município e em toda região.

Na entrevista, o advogado e ex-vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo (Avante), agora deputado estadual eleito, contou um pouco da sua trajetória, dos bastidores da sua campanha vitoriosa e dos projetos para o seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba.

MAISEstatuto do Idoso e estreia do Almanaque são destaques do 2º episódio do Coisas de Cajazeiras

Também foi exibida uma reportagem sobre o Outubro Rosa, movimento que vem ganhando força a cada ano com o objetivo de levar conscientização sobre a prevenção do câncer de mama.

No quadro Almanaque, foi apresentado o passeio pela memória político-eleitoral de Cajazeiras, resgatando algumas candidaturas históricas, além de trazermos o registro das datas que marcam a semana.

O programa Coisas de Cajazeiras vai ao ar às terças e quintas-feiras, às 7 e meia da noite, na TV Diário do Sertão e na Netline HDTV canal 3. Para assistir pela internet, acesse tvdiariodosertao.com.br e coisasdecajazeiras.com.br

DIÁRIO DO SERTÃO

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras

EPISÓDIO 5

VÍDEO: Programa Coisas de Cajazeiras especial reverencia os mestres na arte de educar: os professores

VÍDEO: Ambientalista critica prefeito de Pombal por não resolver problema do lixão na entrada da cidade

CONHEÇA SEUS DIREITOS

VÍDEO: Advogados de Cajazeiras criticam INSS e orientam sobre o que fazer quando um benefício é cortado