header top bar

section content

Postos de combustíveis do Vale do Piancó são denunciados por subirem preços na greve dos caminhoneiros

Se os estabelecimentos permanecerem com as condutas, podem ter as licenças de instalação e operação cassadas.

Por Portal Diário com G1PB

26/10/2018 às 10h35

Postos teriam aumentado os valores dos combustíveis durante a Greve dos Caminhoneiros (Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Dois postos de combustíveis das cidades de Itaporanga e Piancó, no Sertão da Paraíba, foram denunciados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por, supostamente, terem aumentado aos valores dos combustíveis comercializados durante a Greve dos Caminhoneiros, que aconteceu em maio deste ano.

Foram denunciados os empresários Thiago Araruna Lucena, proprietário do Posto Lucena, localizado no município de Itaporanga, na saída para São José de Caiana; e o empresário Alexsandro Lopes Moreira, proprietário do Posto Lopes, localizado na cidade de Piancó.

De acordo com o Ministério Público, os empresários se aproveitaram da paralisação e da quase falta da oferta de combustíveis para aumentar de maneira abusiva os preços do produto. Segundo o MP, por terem lucrados de forma abusiva, os proprietários cometeram crimes contra a economia popular.

Com o aumento, o proprietário do Posto Lucena teria lucrado, por dia, o valor de R$ 9,1 mil. No estabelecimento, o valor da gasolina passou de R$ 4,30 para R$ 4,95. Já no Posto Lopes, o preço do combustível passou de R$ 4,39 para R$ 4,98.

Os donos dos postos foram procurados pelo G1, porém, os números para contato com os locais constam como inexistentes para as operadoras de telefonia.

O Ministério Público também vai analisar ações para indenização por dano moral coletivo com penalidades contra os postos. Caso os estabelecimentos voltem a cometer os crimes, eles podem ter as licenças de instalação e operação cassadas com a interrupção das atividades que realizam.

Fonte: Portal Diário com G1PB - https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2018/10/25/postos-de-combustiveis-na-pb-sao-denunciados-por-subirem-precos-na-greve-dos-caminhoneiros.ghtml

Recomendado para você pelo google

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens