header top bar

section content

Senado aprova projeto que pode evitar redução do FPM de Cachoeira dos Índios e outras cidades da PB

A proposta, que já havia sido aprovada pela Câmara, vai agora à sansão presidencial

Por Redação

07/12/2018 às 15h34 • atualizado em 07/12/2018 às 15h38

O Senado aprovou projeto que congela coeficientes utilizados na distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios até 2020. A medida vai beneficiar diretamente as cidades paraibanas de Cachoeira dos Índios, Queimadas e Água Branca.

A proposta, que já havia sido aprovada pela Câmara, vai agora à sansão presidencial. O objetivo da matéria e impedir que as cidades que tiveram redução populacional, com base na estimativa demográfica anual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tenham uma queda no percentual dos repasses de recursos da União.

Com o texto, aprovado na semana passada pelos deputados, os coeficientes de distribuição do FPM serão mantidos até a divulgação do Senso de 2020.

VEJA TAMBÉMSenado aprova PEC de Raimundo Lira que amplia repasse do FPM aos municípios

Após argumentos de senadores favoráveis à medida, segundo os quais alguns municípios brasileiros perderiam receitas no ano que vem caso não fosse aprovada, o projeto passou com 49 votos favoráveis e oito contrários.

O município de Cachoeira dos Índios foi beneficiado com a aprovação, já que no próximo ano haveria queda no repasse do Fundo de Participação dos Municípios, tendo em vista que na última estimativa do IBGE o município teve sua população diminuída.

Cachoeira dos Índios já vive uma situação difícil, inclusive com atraso salarial de servidores, e caso tivesse seus recursos reduzidos, voltando à condição de 0.6, a situação certamente iria se agravar.

DIÁRIO DO SERTÃO com Gazeta do Alto Piranhas

Recomendado para você pelo google

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão

DUAS CONDENAÇÕES

VÍDEO: Comentarista afirma que Lula vai morrer em breve porque “não aguenta mais tanta humilhação”

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Novas nomeações em Cajazeiras são resultado das ‘pazes’ entre Jeová e Júnior, diz comentarista