header top bar

section content

Sousa e mais 30 municípios da PB receberão novas ambulâncias do SAMU; Cajazeiras está fora da lista

A entrega das ambulâncias será realizada exclusivamente para renovação de frota de veículos

Por Campelo Sousa

07/01/2019 às 11h32 • atualizado em 07/01/2019 às 12h06

SAMU Regional de Sousa vai receber duas novas ambulâncias (foto: Charlçey Garrido)

A portaria de Nº 4.298 publicada no dia 27 de dezembro de 2018 no Diário Oficial da União divulgou a lista dos Estados e Municípios que vão receber Unidades Móveis do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

A entrega das ambulâncias será realizada exclusivamente para renovação de frota de veículos cadastrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e habilitados com cinco ou mais anos de uso e sem renovação. Será utilizado o critério de idade da frota, em anos, conforme o ano de habilitação do veículo para início da contagem do tempo de utilização.

Na lista, estão 31 municípios da Paraíba que receberão novas ambulâncias. O SAMU Regional de Sousa vai receber dois veículos. Catolé do Rocha (01), Pombal (01), Patos (03), Uiraúna (01).

A coordenadora do SAMU de Sousa, Waleska Cristina, afirmou que a secretária de Saúde do Município, Amanda Silveira, já enviou todas as documentações necessárias para o Ministério da Saúde para que o SAMU receba as ambulâncias o quanto antes.

CLIQUE AQUI E VEJA A LISTA COMPLETA!

Fora da lista
O SAMU Regional de Cajazeiras ficou de fora da lista. Em contato por telefone com o Diário do Sertão, a coordenadora do SAMU afirmou que a unidade recebeu uma ambulância nova em 2018 e a outra ambulância não tem mais de cinco anos de uso, por esse motivo o município não se enquadrou nos requisitos do Ministério da Saúde.

Serviço do SAMU funciona 24 horas por dia (foto: Charley Garrido)

Quando chamar o SAMU?
O atendimento do SAMU 192 começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. A ligação é gratuita, para telefones fixo e mível. Os técnicos do atendimento telefônico que identificam a emergência e coletam as primeiras informações sobre as vítimas e sua localização. Em seguida, as chamadas são remetidas ao Médico Regulador, que presta orientações de socorro às vítimas e aciona as ambulâncias quando necessário.

Veja quando chamar o SAMU:

  • Na ocorrência de problemas cardio-respiratórios;
  • Intoxicação exógena e envenenamento;
  • Queimaduras graves;
  • Na ocorrência de maus tratos;
  • Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
  • Em tentativas de suicídio;
  • Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
  • Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
  • Afogamentos;
  • Choque elétrico;
  • Acidentes com produtos perigosos;
  • Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
  • Agressão por arma de fogo ou arma branca;
  • Soterramento, Desabamento;
  • Crises Convulsivas;
  • Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
  • Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

Quando não chamar o SAMU 192:

  • Febre prolongada;
  • Dores crônicas;
  • Vômito e diarreia;
  • Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames;
  • Transporte de óbito;
  • Dor de dente;
  • Transferência sem regulação médica prévia;
  • Trocas de sonda;
  • Corte com pouco sangramento,
  • Entorses;
  • Cólicas renais;
  • Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio;
  • Todas as demais situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.
  • Nestes casos e em todos os casos sem caracterização de urgência ou emergência, o paciente poderá ser encaminhado ao posto de
  • saúde ou então as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) mais próximas.

Dicas para quem ligar para o SAMU 192

  • Verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa ás ferragens;
  • Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador;
  • Sinalize as vias galhos de arvore triângulo de sinalização;
  • Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete;
  • Não dê água aos acidentados

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador rebate declaração de Gervásio Maia: “É mentira. A Cagepa vai continuar uma empresa pública”

ESPORTE E EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Cajazeiras, encerra o ano letivo 2019 com Olimpíadas Internas

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO

VÍDEO: Conselheiros do OD se confraternizam em Cajazeiras e já iniciam debates sobre as ações para 2020

EDUCAÇÃO E EMPREGO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe coordenadora e estudantes do Núcleo de Empregabilidade da FSM