header top bar

section content

Prefeito interino de Patos exonera servidores comissionados para reduzir despesas na cidade

Para Francisco de Sales Mendes Júnior, a medida de exoneração será para reduzir despesas.

Por Campelo Sousa

11/04/2019 às 10h09

A exoneração saiu no Diário Oficial

O prefeito interino da cidade de Patos, Sertão do estado, publicou decreto municipal exonerando os servidores comissionados da Prefeitura.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município em sua edição da última terça-feira (9).

Para Francisco de Sales Mendes Júnior, a medida de exoneração será para reduzir despesas.

+ Após renúncia de Bonifácio Rocha, Prefeito interino toma posse nesta sexta-feira em Patos

De acordo com o art. 2º, não estão incluídos neste decreto, em razão de necessidade do serviço público, os secretários, superintendente e presidente da Fundap, servidores de setores estratégicos da administração, como os componentes das comissões de licitação e do concurso público, e da tesouraria, de tributos. Setores essenciais e estratégicos da administração, cuja demissão venha acarretar imediato prejuízo aos serviços públicos, serão comunicadas  ao gestor com justificativa plausível em até cinco dias.

Segundo o Sagres do Tribunal de Contas do Estados, até dezembro de 2018, a cidade de Patos tinha 609 servidores comissionados e gastava com eles R$ 1.623.956,59.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: secretária de saúde lamenta aglomerações e revela: “Estamos caminhando para o lockdown”

LINHA DE FRENTE

VÍDEO: nove profissionais de saúde de Cajazeiras que testaram positivo para a COVID-19 já estão curados

INSUFICIÊNCIA RENAL

VÍDEO: médico revela que 30% dos pacientes que tiveram a COVID-19 precisarão passar por hemodiálise

CONFIRA OS NÚMEROS

VÍDEO: Pelo 2º dia consecutivo, Cajazeiras tem mais casos recuperados de Covid-19 do que confirmados

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!