header top bar

section content

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

De acordo com o padre, Fernandinho foi ao palco fazer mal como muitos outros fazem.

Por Luzia de Sousa

25/06/2019 às 15h57

Em entrevista à TV Diário do Sertão, o Padre cajazeirense Francivaldo Albuquerque respondeu ao cantor gospel Fernandinho, que durante o evento evangélico Marcha para Jesus, em São Paulo atacou Nossa Senhora Aparecida, ao dizer que “o Brasil não tem uma senhora”.

Francivaldo disse que recebeu as declarações com muita tristeza, e afirmou ser falta de conhecimento e de respeito do cantor.

O religioso tachou o cantor de “pobre” e desprovido de cultura. “Muita ignorância. Cantor despreparado. Sem história, e sujeito sem história é um objeto qualquer. Nossos pêsames a esse cantor”.

De acordo com o padre, Fernandinho foi ao palco fazer mal como muitos outros fazem.

Presidente
Sobre o gesto de arma feito pelo presidente Jair Bolsonaro durante o evento religioso, Francivaldo declarou: “Exatamente o mesmo nível do cantor. Esse presidente se tornou o ícone do folclore. O que diz de manhã desmancha a tarde. Presidente desmoralizado”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’