header top bar

section content

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

De acordo com o padre, Fernandinho foi ao palco fazer mal como muitos outros fazem.

Por Luzia de Sousa

25/06/2019 às 15h57

Em entrevista à TV Diário do Sertão, o Padre cajazeirense Francivaldo Albuquerque respondeu ao cantor gospel Fernandinho, que durante o evento evangélico Marcha para Jesus, em São Paulo atacou Nossa Senhora Aparecida, ao dizer que “o Brasil não tem uma senhora”.

Francivaldo disse que recebeu as declarações com muita tristeza, e afirmou ser falta de conhecimento e de respeito do cantor.

O religioso tachou o cantor de “pobre” e desprovido de cultura. “Muita ignorância. Cantor despreparado. Sem história, e sujeito sem história é um objeto qualquer. Nossos pêsames a esse cantor”.

De acordo com o padre, Fernandinho foi ao palco fazer mal como muitos outros fazem.

Presidente
Sobre o gesto de arma feito pelo presidente Jair Bolsonaro durante o evento religioso, Francivaldo declarou: “Exatamente o mesmo nível do cantor. Esse presidente se tornou o ícone do folclore. O que diz de manhã desmancha a tarde. Presidente desmoralizado”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição