header top bar

section content

VÍDEO: Após campanha bem-sucedida em Cajazeiras, lençóis são enviados para o Hospital Napoleão Laureano

Graças a parceria entre rádio e loja de tecidos, lençóis foram adquiridos a preço de custo e as pessoas de toda a região ajudaram na campanha

Por Jocivan Pinheiro

17/09/2019 às 17h15 • atualizado em 17/09/2019 às 17h20

O radialista Ivanildo Dunga, da Rádio Alto Piranhas de Cajazeiras, concluiu na manhã desta terça-feira (17) a campanha para adquirir lençóis para o Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, que é referência em tratamento de câncer pelo SUS na Paraíba, mas está passando por sérias dificuldades financeiras. Ao todo, foram adquiridos 226 lençóis.

“Graças a Deus mais um desafio cumprido. E aí mostra que a Rádio Alto Piranhas, que é a rádio do povo, sempre abraçando as causas em prol dos menos favorecidos”, diz o radialista Ivanildo Dunga.

Em parceria com a loja de tecidos Soares, os lençóis foram adquiridos a preço de custo, R$ 20,00, e as pessoas de toda a região ajudaram na campanha.

VEJA TAMBÉM

Radialista de Cajazeiras lança campanha para arrecadar lençóis para o Hospital Napoleão Laureano

Governador João Azevêdo autoriza R$ 4,2 milhões por ano para o Hospital Napoleão Laureano

O diretor presidente da Rádio Alto Piranhas, José Antônio, destaca o comprometimento da emissora com as causas sociais.

“A rádio do povo se associa ao povão da periferia. Muitos deles se beneficiaram daquele hospital e no momento em que foi aberta a campanha, nós vimos o quanto o povo é grato”.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio