header top bar

section content

Após denúncia de omissão das autoridades policiais, MP realiza reunião sobre morte de adolescente

De acordo com a promotora Caroline Freire, a Reancav solicitou a reunião após denúncia de que houve omissão por parte das autoridades policiais.

Por REDAÇÃO

21/10/2019 às 15h11

Reunião no MP discute medidas sobre feminicídio ocorrido no Sertão do Estado

Foi realizada nessa sexta-feira (18), uma reunião do Ministério Público da Paraíba, Rede de Atenção à Mulher, Criança e Adolescente Vítima de Violência Doméstica e Sexual (Reacanv) e autoridades policiais para discutir medidas referentes ao caso de feminicídio ocorrido no município de Manaíra, a 449 km de João Pessoa. Uma adolescente de 16 anos foi morta a facadas, no último dia 14. O namorado e suspeito do feminicídio estava foragido da justiça e foi encontrado morto na zona rural de Manaíra, na última quinta-feira (17).

VEJA TAMBÉM:

+ “Ele a fatiou como se fosse um açougueiro”, diz delegado sobre morte adolescente de 16 anos no Sertão

+ Adolescente de 16 anos morre após ser esfaqueada pelo ex-companheiro dentro de casa, na região de Patos

Participaram as promotoras de Justiça Rosane Araújo e Caroline Freire, integrantes do Núcleo Estadual de Gênero do MPPB; a secretária da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares; a coordenadora das Delegacias da Mulher, Maísa Félix; o delegado Isaías Gualberto; e representantes da Polícia Militar, OAB-PB, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Polícia Civil e Assembleia Legislativa.

De acordo com a promotora Caroline Freire, a Reancav solicitou a reunião após denúncia de que houve omissão por parte das autoridades policiais. Segundo a denúncia, a adolescente foi atendida na delegacia e nenhuma medida protetiva foi tomada, tendo sido mandada de volta pra casa onde foi morta após discussão.

Jovem foi assassinada pelo namorado (Foto: divulgação da internet)

Foi definido que o caso será apurado pela corregedoria da Polícia Civil e uma investigação será requisitada pelo Ministério Público para averiguar se houve omissão das autoridades no caso. Além disso, será realizada um programa de capacitação dos policiais da região sobre a violência contra a mulher com o objetivo de aprimorar o recebimento de denúncias. Também será promovida uma audiência pública para a população de Manaíra e Princesa Isabel.

DIÁRIO DO SERTÃO com MP

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”