header top bar

section content

Funcionária de universidade sertaneja não resiste a luta contra um câncer e morre na cidade de Patos

Nas redes sociais, amigos, colegas de trabalho e familiares lamentaram a morte precoce de Eri.

Por Campelo Sousa

13/11/2019 às 10h55 • atualizado em 13/11/2019 às 11h06

Eri tinha 53 anos e há 4 lutava contra um câncer (Foto: Reprodução / Folha Patoense)

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (13), na cidade de Patos, Sertão do estado, a sertaneja Erileuda de Andrade, de 53 anos.

Eri como era carinhosamente conhecida, faleceu ao perder a luta contra um agressivo câncer, o qual já durava cerca de 4 anos,

Ela era muito querida na cidade de Patos e trabalhava no escritório de uma universidade.

Nas redes sociais, amigos, colegas de trabalho e familiares lamentaram a morte precoce de Eri.

DIÁRIO DO SERTÃO

LINHA DE FRENTE

VÍDEO: nove profissionais de saúde de Cajazeiras que testaram positivo para a COVID-19 já estão curados

INSUFICIÊNCIA RENAL

VÍDEO: médico revela que 30% dos pacientes que tiveram a COVID-19 precisarão passar por hemodiálise

CONFIRA OS NÚMEROS

VÍDEO: Pelo 2º dia consecutivo, Cajazeiras tem mais casos recuperados de Covid-19 do que confirmados

MANTENDO EM DIA

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas anuncia data de pagamento de toda a folha salarial de julho

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!