header top bar

section content

Ministério Público Federal abre investigação na Operação Andaime e licitação em Cajazeiras vira alvo

Segundo a portaria, a investigação se destina a coletar elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos.

Por Luzia de Sousa

13/12/2019 às 18h15

Operação Andaime

Após análise de documentação apreendida em residência durante uma das fases da Operação Andaime, o Ministério Público Federal na Paraíba instaurou inquérito civil para apurar supostas irregularidades na Tomada de Preços n° 007/2011, realizada pelo município de Cajazeiras, no Sertão do estado.

VEJA MAIS: A pedido do MPF, Justiça condena três réus por irregularidades envolvendo obra em praça de Cajazeiras

De acordo com o MPF, o processo licitatório teve como vencedora a empresa Concretex Comércio Construções e Serviços Ltda. A portaria foi publicada na edição desta sexta-feira (13) do Diário eletrônico do órgão.

Segundo a portaria, a investigação se destina a coletar elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos.

Em 2011, o município era governado por Carlos Rafael Medeiros de Souza, o 21º prefeito da cidade de Cajazeiras.

O OUTRO LADO
O Diário do Sertão tentou contato telefônico com a empresa citada, porém sem êxito, entretanto, fica aberto o espaço caso queira se pronunciar.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Denise critica política de Zé Aldemir com moradores de rua e apresenta propostas

ILEGALIDADE EM CONVENÇÃO

VÍDEO: Sete candidatos a vereador de cidade na região de Pombal são multados pela Justiça Eleitoral

HABITAÇÃO

VÍDEO: Zé Aldemir fala sobre a entrega de 300 novos apartamentos

ELEIÇÕES NO SERTÃO

VÍDEO: Campanhas eleitorais se acirram nas dez cidades da região de Catolé do Rocha, mostra jornalista

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!