header top bar

section content

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra e atrai curiosos para assistir e celebrar os efeitos da chuvas

Muitos curiosos foram admirar de perto o ponto turístico e ficaram olhando atentamente a água descendo no canal

Por Jocivan Pinheiro

21/02/2020 às 16h54 • atualizado em 21/02/2020 às 17h45

Após uma chuva de quase 75 milímetros, o açude Epitácio Pessoa, conhecido historicamente como Açude Grande, no Centro de Cajazeiras, amanheceu com sua primeira sangria do ano.

De acordo com a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), somente neste fevereiro já foram registrados mais de 350,2 mm. Já o acumulado deste ano é 654,1 mm.

Muitos curiosos foram admirar de perto o ponto turístico e ficaram olhando atentamente a água descendo no canal.

Esse foi o terceiro ano consecutivo em que o Açude Grande sangra. Em 2018, o manancial sangrou no mês de abril. Em 2019 no mês de março e este ano em fevereiro.

VEJA TAMBÉM

Cidades de Sousa e Cajazeiras continuam com alerta para fortes temporais até o sábado de Carnaval

Populares tomam banho na sangria do Açude Grande de Cajazeiras

Sousa, Cajazeiras e mais 116 cidades paraibanas continuam com alerta para fortes chuvas e ventos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas que podem chegar a 20 e 30 milímetros por hora, ou 50 mm por dia e ventos de até 60 km/h. O alerta foi emitido às 10h05 desta sexta-feira (21) e segue até as 10h05 de sábado de carnaval (22).

Açude Grande de Cajazeiras recebe recarga d’água das últimas chuvas

DIÁRIO DO SERTÃO

REI DAS PEGADINHAS

VÍDEO: Humorista faz revelação surpreendente sobre sua depressão: “Se você nunca teve, não julgue”

PROTEÇÃO

VÍDEO: Secretária de Saúde de Itaporanga explica como funcionam as ‘barreiras sanitárias’ da cidade

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Filiado ao MDB, jornalista não descarta candidatura a prefeito de Campina Grande

GRUPO DE RISCO

VÍDEO: Médico explica a gravidade do novo coronavírus em pessoas hipertensas, diabéticas e cardiopatas

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!